Cuesta vai embora e Inter abre folha para contratações

Com a saída de Victor Cuesta, o Internacional conseguiu espaço na folha salarial para trazer novos jogadores. Em negociação encaminhada, o zagueiro argentino será emprestado ao Botafogo até o final da temporada. O defensor tinha um dos maiores salários do elenco, e por isso abre um espaço considerável na folha para novas aquisições do clube.

Em baixa no Beira-Rio, o defensor vinha sendo um dos principais alvos das críticas da torcida. Numa equipe que pouco tem feito, as falhas individuais de mais de um atleta se acentuam e as críticas são fatais. No caso do argentino aconteceu justamente isso. Alguns nomes pagam pelo trabalho ruim da comissão técnica.

O zagueiro de 33 anos custava R$ 500 mil por mês ao Clube do Povo. Agora, esse valor será pago integralmente pelo time carioca, que terá a opção de comprá-lo em definitivo ao fim do acordo de empréstimo.

Por conta da saída dele, a diretoria conseguiu o valor necessário para fechar com outros jogadores.

Saída de Cuesta do Inter foi necessária para a chegada de reforços

Uma reposição imediata para a zaga, Vitão foi apresentado no Colorado. O jogador de 22 anos assinou um curto contrato de empréstimo para atuar com a camisa vermelha. Assim como outros brasileiros, o atleta teve o contrato com o Shakhtar Donetsk suspenso por conta da guerra. Por isso, assinou só até o meio do ano, mas pode ficar até dezembro.

Além de Vitão, a diretoria tem encaminhada a contratação de Renê, lateral-esquerdo do Flamengo. Sem ser aproveitado na equipe carioca, o jogador será liberado para acertar com o Internacional.

Renê deve assinar acordo em breve. O lateral chega para brigar com Moisés pela titularidade no time de Alexander Medina.

Comentários do Facebook

- Publicidade -