Segurança reforçada para evitar problemas durante o GreNal 436

O GreNal 436, deste sábado (19), terá segurança redobrada para evitar repetição de episódios de violência. A medida visa prevenir acontecimentos como o da pedra que foi arremessada contra o ônibus do Grêmio. Dessa forma, a operação dos órgãos de segurança contará com mais de 700 policiais.

A ação começará nas concentrações de ambas as equipes, com as atenções voltadas a qualquer movimentação diferente de torcedores colorados e gremistas, principalmente estando em grupo.

O número de motocicletas utilizadas na escolta das delegações será ampliado em relação ao último clássico. O comboio também será acompanhado por helicóptero e drones.

Da mesma forma, será mantida a chamada “zona de exclusão”. A medida visa tirar os torcedores das ruas que levam ao Beira-Rio. Assim, a passagem da delegação e ônibus da torcida rival pode entrar no estádio.

Além das imediações do Beira-Rio e trajeto das delegações, a segurança atuará em outros pontos de Porto Alegre. A intenção é estar presente em locais de aglomeração das duas torcidas pela capital.

Segurança redobrada, pois o GreNal decide vaga na final

Se em qualquer clássico o cuidado precisa ser redobrado, nos decisivos é preciso mais atenção. Os próximos dois GreNais decidem uma das vagas para a final do Campeonato Gaúcho. Vencer o estadual significa embalar de vez no ano para o lado vermelho, e dar confiança na temporada aos azuis.

Os dois times chegam nas semifinais com campanhas semelhantes neste início de temporada. Ambos oscilaram durante a primeira fase do estadual, e acabaram vendo o Ypiranga ficar com a liderança da competição. Em âmbito nacional, deram vexame na primeira rodada e estão fora da Copa do Brasil.

A partida de ida será no Beira-Rio, neste sábado (19), às 16h30. Enquanto o jogo de volta, na Arena, será no dia 23, quarta-feira, às 22h15.

Comentários do Facebook

- Publicidade -