Sul-Americana 2022 terá grande novidade nas oitavas de finais

Na última semana, foram definidos os confrontos das oitavas de final da Copa Sul-Americana 2022. Entretanto, essa não foi a única novidade envolvendo a segunda fase da competição. Isso porque no mata-mata, as partidas contarão com o árbitro de vídeo, ferramenta que esteve ausente durante as fases anteriores do torneio.

A inclusão do VAR na segunda fase não se limita a Sula. A ferramenta também será utilizada durante os jogos eliminatórios da Libertadores. Dessa forma, o árbitro de vídeo estará presente em ambas as competições em todas as partidas do mata-mata, incluindo as finais.

A ausência do VAR desde o começo dos torneios da Conmebol foi motivo de muitas críticas à entidade no início do ano. Uma tecnologia imprescindível nos dias atuais, o árbitro de vídeo poderia ter evitado erros já nas fases preliminares da Libertadores, assim como falhas da arbitragem ao longo das fases de grupos das competições.

VAR na fase de grupos das próximas Sul-Americana e Libertadores

Uma das razões da Conmebol não colocar o VAR desde o começo dos torneios, segundo a própria entidade, seria a parte financeira. Haveria dificuldades na implementação de todo o aparato da tecnologia. As grandes distâncias de deslocamento e a falta de estrutura de muitos estádios da América do Sul também atrapalham.

De acordo com o ‘Uol Esporte’, o custo estimado da implementação do árbitro de vídeo em todas as competições da Conmebol, incluindo a Recopa, seria de R$ 7,5 milhões.

Pelo menos para a próxima edição da Libertadores, já existem planos de ter a ferramenta presente na fase de grupos. Essa era uma possibilidade cogitada antes da pandemia de Covid-19, porém por conta das circunstâncias vivenciadas, essa ideia precisou ser adiada. Quanto à Sul-Americana, não há previsão disso acontecer.

Comentários do Facebook

- Publicidade -