Portal do colorado
Portal de Noticias do Sport Club Internacional

Taison choca a nação colorada e finamente revela que BRIGOU

Ídolo do Internacional, o meia-atacante Taison, do PAOK, da Grécia, desabafou nas redes sociais e prestou declarações sobre a sua segunda passagem no clube. De acordo com o jogador, que completou 36 anos na quarta-feira (17), a rescisão de contrato, no início de 2023, aconteceu por uma série de fatores que ocorreram nos bastidores.

Taison falou sobre o assunto logo depois de ter sido citado pelo perfil oficial do Colorado nas redes sociais. O profissional agradeceu pelo carinho, porém também optou por falar sobre a situação envolvendo a sua saída do clube. Apesar de evitar o nome, ele afirmou que entrou em rota de colisão com funcionários que complicaram a sua manutenção.

“Se eu não tivesse brigado com quem não merecia… Se eu tivesse sabedoria e não agisse de cabeça quente, se eu não tivesse sido tão cabeça dura, talvez estaria hoje junto à minha nação, ao meu clube tão amado. Sou grato por tudo que vivi e fico extremamente honrado e feliz”, disparou Taison nos comentários da publicação.

A postura do jogador, que era líder no vestiário e responsável por um dos maiores salários, causava desconforto nos bastidores. Em entrevista concedida na época, Taison participou de uma live e criticou o presidente Alessandro Barcellos – responsável por sua contratação em 2021.

“Não o quero ver nem pintado de ouro na minha frente. Você não tem noção do que eu passei. O que fizeram comigo no clube eu nunca pensei que iriam fazer”, salientou o meia.

Taison teve episódio marcante no Inter

Um dos episódios que gerou mais incômodo foi a greve dos jogadores após atraso nos direitos de imagem. Taison ficou desgastado com a situação, já que foi pontuado como o principal culpado. No entanto, o atleta se defendeu ao dizer que não liderou o movimento. O episódio teve influência na imagem do jogador com uma parcela da torcida.