técnico do inter falou sobre a final do brasileirão sub-20

- Publicidade -

- Publicidade -

Neste domingo (21), às 16h, o Inter recebe o São Paulo para o primeiro jogo da final do Brasileirão sub-20. Pelo lado do Colorado, na beira do gramado há uma situação nada comum. João Miguel e Leonardo Martins dividem o comando da equipe.

Isso porque em julho de 2021, o então técnico Fábio Matias, campeão da Copinha em 2020, deixou o cargo e aceitou uma proposta do Flamengo. Contrariando a normalidade do futebol brasileiro, o Internacional optou por dividir o comando da equipe entre João, que era auxiliar de Fábio, e Leonardo, preparador de goleiros da base.

- Publicidade -

Em entrevista para o GE, Leonardo contou sobre a divisão de trabalho com João, e a expectativa para a decisão de logo mais.

Trechos da entrevista de um dos comandantes do Inter

Primeiro, Leonardo falou sobre o trabalho com João no dia a dia.

- Publicidade -

“Eu e o João temos características pessoais bem diferentes. O João é muito mais calmo que eu, mais equilibrado. Eu já sou mais sanguíneo, tenho minha forma de pensar. Mas na hora de conversar sempre pensamos em prol da equipe. Acho que isso é ser profissional, ainda mais em formação, que esse é nosso objetivo.”

Na sequência o técnico falou sobre as características da equipe do Inter

“Hoje nosso time tem uma característica que ataca rápido, tem um equilíbrio, tem uma característica. A gente não segue modismos. É o que representa nosso atleta dentro do campo.”

Para finalizar, o treinador falou sobre a equipe do São Paulo

“Já temos jogos contra eles, sabemos que o processo do time do São Paulo começa até mesmo antes do Alex, já vem num processo de trabalho há muito tempo. Sabemos que eles têm características de jogo parecidas, tanto na sub-20 como nos jogadores que vêm das categorias de baixo. Conhecemos um pouco o São Paulo. Claro que é uma final. Aí entra a questão estratégica, porque além de tu querer mostrar sua proposta de jogo, vale título.”

Comentários do Facebook

- Publicidade -

8 técnicos para comandar o Internacional em 2022