Thaigor Janke: Inter toma decisão de pagar valor milionário por Wanderson

O Inter está avançando nas tratativas para comprar o atacante Wanderson. O jogador que foi um dos destaques ao longo desta temporada, tem contrato de empréstimo com o Inter até o fim deste ano. Com o passe vinculado ao Krasnodar da Russia, a direção colorada garante que se cercou juridicamente para ter vantagens na manutenção do jogador. Tanto, que teve direito a uma escolha. E a opção definida foi a de antecipar a compra do atacante.

Wanderson tem em seu contrato uma cláusula de compra obrigatória. Se ele atuar em 60% dos jogos da temporada, o Inter é obrigado a comprá-lo por 4,5 milhões de euros. Só que a portaria da Fifa que permite a ampliação de vínculos unilaterais com jogadores que atuam no leste europeu favoreceu o Internacional. Tanto, que se fosse do desejo colorado, este pagamento poderia ser suspenso. Simplesmente com o Inter ampliando o empréstimo até a metade do ano que vem e desativando esta cláusula.

Só que os dirigentes afirmam nos bastidores que estão sentindo do mercado que o valor de Wanderson é maior do que isto. Logo, se ampliar o contrato de empréstimo, sem comprar o jogador, poderia correr o risco de perdê-lo, na metade do próximo ano. A partir disto, a opção da direção é de executar a compra de Wanderson e pagar os 4,5 milhões de euros.

O jogador deseja ficar. Aliás, ele preferiu o Internacional ao Flamengo, no momento da negociação. E afirma que se sente em casa em Porto Alegre. Recuperado de lesão muscular ele é uma opção para Mano Menezes na partida deste domingo, contra o Palmeiras no Allianz Parque.

- Publicidade -