Título, rebaixamento e lesões: os números de Dourado no Inter

0

O volante Rodrigo Dourado corre o risco de ser afastado do Internacional, segundo o jornalista Alexandre Ernst. Revelado na base do clube, o meia não está apresentando o mesmo nível de épocas passadas e está sofrendo críticas por parte da torcida.

Em 2021, Dourado jogou 26 jogos e marcou 4 gols. Longe de apresentar o futebol de alguns anos atrás, o volante segue como titular, mas com alerta para uma possível mudança no futuro. Confira o histórico do meia no clube:

Rodrigo fazia parte da Seleção Brasileira de base e chegou a conquistar a Copa da América do Sul Sub-17 em 2011. Ao ser revelado no Inter, em 2012, o meia chegou com status de promessa. O atleta estreou precocemente devido aos desfalques do clube, mas em seguida o volante retornou para a base.

Em 2015, Dourado passou a compor o elenco profissional de forma fixa. No mesmo ano, passou a fazer parte da Seleção Olímpica, em que conquistou a medalha de ouro nas Olimpíadas do Rio 2016.

No mesmo ano em que conquistou o ouro, o jogador fez parte da campanha do rebaixamento do Colorado para a Série B. No ano seguinte, foi um dos atletas do elenco que foi vice-campeão da Série B de 2017.

Em 2018, o jogador foi essencial na campanha do Inter na Série A, que, mesmo passando por reestruturação após o rebaixamento, conseguiu uma vaga na Copa Libertadores. Dourado foi eleito pela CBF um dos melhores volantes da competição.

Com o passar do tempo, o volante perdeu o prestigio, e, hoje, não é mais o mesmo jogador de antigamente. Rodrigo está com 27 anos e não é mais uma promessa. O jogador de 1,86m tem contrato com o clube até dezembro de 2022 e sua permanência é incerta.

Rodrigo Dourado em números e lesões recentes

No total, Dourado tem 263 jogos e 16 gols pelo Clube do Povo. Em 2017, ano em que o Inter disputou a Segunda Divisão, o volante fez seu recorde de jogos em apenas uma temporada: Foram 55 jogos e 4 gols.

Para manter a regularidade e continuar jogando com frequência, Rodrigo tem uma inimiga: as lesões. Nos últimos 3 anos, o meia se contundiu diversas vezes. As lesões que mais chamaram a atenção foram a contusão no joelho direito (2020) e a lesão muscular na coxa esquerda (2021).

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.