Torcida do Inter vaia e protesta firme contra o time

A torcida colorada segue inconformada com o desempenho do Inter na Copa do Brasil. Por isso, os jogadores foram vaiados ao longo do jogo, entre Internacional e Aimoré.

O principal alvo da torcida do Inter foi Cuesta, que participou de uma entrevista coletiva, tentando explicar o vexame da eliminação. Mas, acabou mais se queimando com o que disse, do que explicando algo.

No entanto, os atletas que estão no clube por mais tempo no geral foram alvos de vaia. Edenílson, por exemplo, foi bastante vaiado. O jogador não atuou bem contra o Globo e não deu a cara a tapa na entrevista, proposta pelos jogadores.

Entretanto, os jogadores que chegaram a pouco tempo no Inter, acabaram passando ileso das vaias. Pois, a torcida entende que eles não são os principais culpados pelos péssimos resultados recentes.

Além disso, a torcida organizada do Inter, Camisa 12, ficou 10 minutos no estádio e saiu. Como forma de protesto pelos péssimos resultados recentes.

A Guarda Popular optou por não levar a sua banda ao estádio. Os protestos da torcida seguem de variadas formas.

Caso um bom resultado seja conquistado hoje (6), a situação poderá ser amenizada. Contudo, o GreNal 435 será decisivo para o futuro do clube.

Comentários do Facebook

- Publicidade -