Últimas informações sobre possível chegada de Ezequiel Barco ao Internacional

- Publicidade -

- Publicidade -

O jornalista César Luis Merlo, da TyC Sports, da Argentina, atualizou as informações sobre a possível chegada de Ezequiel Barco ao Internacional. Segundo ele, o Atlanta United e o atacante pediram mais alguns dias para responder à oferta.

O Colorado fez uma proposta por empréstimo de um ano com opção de compra. Ezequiel Barco enxerga a transferência com bons olhos, mas ainda quer esperar mais alguns dias para ter a oportunidade de receber uma oferta do futebol europeu.

“Tanto o Atlanta United quanto o Ezequiel Barco pediram mais alguns dias ao Inter de Porto Alegre para responder à oferta por empréstimo de um ano com opção de compra. O futebolista valoriza a proposta, mas quer esperar perto do fim do mercado europeu para decidir”, escreveu César Luis Merlo, pelo Twitter.

- Publicidade -

Ezequiel Barco foi um dos maiores destaques do Atlanta United na última temporada. O jogador fez 29 jogos, oito gols e sete assistências durante o período. Apesar do protagonismo do argentino, o Atlanta está disposto a abrir negociações para a transferência do atleta.

Barco foi revelado pelo Independiente em 2016 e passou a ser tratado como uma das maiores promessas do futebol argentino. O jogador foi campeão da Sul-Americana em 2017, sendo um dos protagonistas, e foi vendido ao Atlanta no ano seguinte.

- Publicidade -

Ezequiel Barco? Internacional tem outras opções no mercado

O Internacional está aguardando a definição sobre Ezequiel Barco, mas entende que não pode apostar todas as fichas no jogador. A direção monitora o mercado e outros pontas estão no radar do Colorado. Com o possível insucesso nas tratativas pelo argentino, o clube irá iniciar as tratativas com outro atleta.

O Clube do Povo tentou negociar com outros jogadores da posição nas últimas semanas, mas até o momento não teve sucesso. A prioridade inicial foi a busca por alguém no futebol brasileiro. Marinho e David foram sondados, mas o Internacional não teve sucesso nas negociações.

Comentários do Facebook

- Publicidade -