Último jogo do Beira-Rio com torcida pelo Brasileirão foi em 2019

0

A CBF autorizou o retorno do público aos estádios e a torcida do Inter voltará ao Beira-Rio neste domingo (10). A última partida do Colorado no Brasileirão antes da proibição foi há dois anos, contra o Atlético-MG. Dessa vez o rival é a Chapecoense.

Na ocasião, o Inter ganhou do Galo por 2 a 1, com gols de Victor Cuesta e Paolo Guerrero, pela última rodada do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, o Colorado ultrapassou o Corinthians e foi para a sétima posição, com 57 pontos, e conseguiu a vaga para a Copa Libertadores. Enquanto isso, o Galo ficou com o décimo terceiro lugar, com 48 pontos, e foi para a Sul-Americana.

Na época, o Internacional tinha Zé Ricardo no comando (essa partida foi a última dele pelo clube) e D’Alessandro ainda estava no elenco.

A partida não tinha tanta importância pois o Colorado já estava classificado para a competição continental e o Atlético-MG também não estava brigando por nada, então o duelo contou com apenas 18.616 pagantes.

Ficha técnica – Internacional 2×1 Atlético-MG

Competição: Campeonato Brasileiro (38ª rodada)

Data: 08/12/2019

Hora: 16h (de Brasília)

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)

Árbitro: Sávio Pereira Sampaio (DF)

Assistentes: Daniel Henrique da Silva Andrade e José Reinaldo Nascimento Júnior (ambos do DF)

VAR: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)

Público e renda: 18.616 pagantes e R$ 491.335,00 de renda

Gols: Otero (Atlético-MG), aos 5′ do 1º tempo; Guerrero (Inter), aos 36′, e Cuesta (Inter), aos 52′ do segundo tempo Cartões amarelos: Neilton e D’Alessandro (Internacional); Otero (Atlético-MG)

Internacional: Marcelo Lomba; Heitor (Nonato), Bruno Fuchs, Victor Cuesta e Natanael; Rodrigo Lindoso, Edenílson, Neilton (Wellington Silva), D’Alessandro e Sarrafiore (Rafael Sobis); Paolo Guerrero. Técnico: Zé Ricardo

Atlético-MG: Victor; Guga, Leonardo Silva, Igor Maidana e Lucas Hernández (Hulk); Ramón Martínez (Bruninho); José Welison, Otero (Terans), Vinícius e Maicon; Di Santo. Técnico: Vagner Mancini

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.