Uruguai pode salvar Inter de pagar multa por demissão de Aguirre

- Publicidade -

- Publicidade -

As últimas informações dão conta de que a diretoria do Inter cogita demitir o técnico Diego Aguirre devido a sequência ruim de resultados e o ambiente interno ruim do clube. Entretanto, em caso de demissão, o Colorado precisa pagar uma multa de R$ 2 milhões.

Esse é valor da multa que foi acordado por ambas as partes, quando o treinador foi contratado para o lugar de Miguel Ángel Ramírez. A quantia se refere a cerca de três salários de Aguirre.

No entanto, a seleção do Uruguai pode salvar o Inter de pagar a multa. Neste caso, o Colorado passaria a receber a quantia estabelecida.

- Publicidade -

Saída do Inter e ida para a seleção

Diego Aguirre é especulado como possível substituto de Óscar Tabárez, pela imprensa uruguaia, desde outubro. Os recentes resultados da Celeste Olímpica não são bons e a Associação Uruguaia de Futebol decidiu demitir Tabárez.

O principal alvo da AUF é o argentino Marcelo Gallardo. As questões que envolvem o acerto entre ambas as partes são o tempo de contrato e o salário. Gallardo é um dos treinadores mais bem pagos do mundo. Quanto ao projeto, pode pesar o tempo de trabalho, se será apenas para os quatro jogos restantes das eliminatórias, ou a longo prazo.

- Publicidade -

Caso o argentino não aceite, Aguirre passa a ser o alvo. Se o uruguaio assumir a seleção, o Inter receberá o valor da multa. Na condição de isso não ocorrer, a diretoria do Colorado terá de arcar com a quantia estipulada em caso de demissão.

A seleção do Uruguai salvaria o Internacional, pois os planos da direção parecem não contar com Diego Aguirre para a próxima temporada. Pelo menos, esse é o discurso interno do clube.

Comentários do Facebook

- Publicidade -