Portal do colorado
Portal de Noticias do Sport Club Internacional

Vaguinha surpreende e revela plano diferenciado que está sendo implantado no Inter

O jornalista Vagner Martins revela o plano que está sendo montado para o Inter contar com uma boa quantia financeira em caixa. Assim como prometido na campanha de gestão, o presidente Alessandro Barcellos segue trabalhando para aumentar a saúde monetária do clube. A intenção é de que o Colorado seja uma das referências no futebol brasileiro.

De acordo com Vagner Martins, o Colorado está perto de criar uma estrutura de captação de recursos financeiros que será pioneira no futebol brasileiro. Por conta da medida, o Inter deve arrecadar cerca de R$ 200 milhões para quitar as dívidas. Desta forma, em contrapartida, o clube terá mais espaço para contratar jogadores.

“O Inter está perto de criar uma estrutura de captação de recursos pioneira no futebol brasileiro. A meta é levantar no mercado de capitais R$ 200 milhões para quitar dívidas. Com essa redução no endividamento, o clube avalia que terá mais condições para renegociar débitos com credores, menos gastos com juros e, consequentemente, mais recursos para contratar jogadores”, disse o jornalista.

Desta forma, o Colorado vive um caminho contrário em relação ao período que contava com aportes milionários para contratar jogadores. Na época, o investimento partia de torcedores do Inter que queriam contribuir na conquista da Copa Libertadores ou de investidores que visavam rentabilidade com promessas do futebol.

Quem está apto para investir no Inter?

A direção trabalha para apresentar o projeto que será feito em breve no Conselho Deliberativo. Ele ainda precisa ser aprovado pela maioria dos membros do clube. De acordo com Vaguinha, uma fonte garantiu que as negociações estão avançadas para contar com instituições financeiras que garantirão um aporte inicial de cerca de R$ 100 milhões.

O Inter ainda não pode divulgar o nome dos interessados que estão dispostos a contribuir com o clube. No entanto, de acordo com as informações iniciais, o valor máximo a ser captado é de R$ 200 milhões. Os qualificados para investir são empresas ou pessoas físicas classificadas como investidores.