Portal do colorado
Portal de Noticias do Sport Club Internacional

Vaguinha vazou: volante paraguaio goleador entra na mira do Internacional

O jornalista Vagner Martins revelou que o Internacional está interessado na contratação de um volante paraguaio que tem o costume de marcar gols à longa distância. Trata-se de Richard Sánchez, de 27 anos, que pertence ao América do México. O atleta tem contrato até junho de 2024, então pode assinar um pré-acordo a partir de janeiro.

O Colorado aposta na falta de espaço do meio-campista para fechar a negociação e adiantar o término do contrato com o América do México. Na atual temporada, o volante disputou 21 partidas, marcou um gol e distribuiu quatro assistências. Por conta da perda da titularidade, o paraguaio estuda a possibilidade de ser transferido na janela.

O Internacional está de olho em Richard Sánchez para servir como mais uma das alternativas que podem reforçar o setor de meio-campo no Beira-Rio. Além do atleta, o clube também está de olho no uruguaio Nahitan Nández, do Cagliari, da Itália. O Colorado tem negociações avançadas com o volante e aguarda o desfecho positivo da negociação.

Veja alguns dos golaços de Richard Sánchez:

Internacional determina planejamento para a janela

Em entrevista ao programa Donos da Bola, o presidente Alessandro Barcellos concedeu detalhes sobre o planejamento do Internacional na janela de transferências. O mandatário pretende investir cerca de R$ 47 milhões com contratações de atletas.

“Nós vamos investir, entre 8 e 9 milhões de euros, em jogadores. Nós vamos trabalhar com esse número. Guardem isso e me cobrem. Isso é para comprar atletas. E vamos aumentar também a folha de pagamento. Para salários é em relação ao ano, e para contratações é nesta janela”, disse o presidente, que ainda falou sobre as necessidades do clube.

“Você tem que olhar para o elenco, para o planejamento. Entender que precisamos de mais do que um ou dois jogadores. Daí é pegar esse valor e fazer ter eficiência. Mas claro, deixar claro que isso não é o suficiente para trazer Cristiano Ronaldo e Messi, mas sim jogadores importantes dentro das necessidades”, finalizou Barcellos.