VAR terá novidade no Brasil em 2022: confira

O VAR – ferramenta tecnológica que veio para auxiliar na legitimação do resultado -, que chegou de forma oficial às competições nacionais do Brasil no meio de 2018, terá sua operação centralizada somente em 2022. A previsão, que era de se implementar a nova estrutura na edição do Campeonato Brasileiro que acabou de terminar, sofreu alterações por conta de atrasos de cerca de um mês na entrega de equipamentos vindos da Inglaterra e problemas nos testes.

Por falar em testes, a implantação do árbitro de vídeo foi feita de forma extremamente rápida no Brasil e – diferentemente da Premier League – mal houve tempo de treinamento para os árbitros começarem a fazer uso dos equipamentos. Ao menos, a empresa que opera o VAR no Brasil é a mesma da Premier League, FIFA e entras grandes competições.

Para esta operação funcionar é preciso fazer as conexões, via fibra ótica, direto do espaço localizado em um edifício na Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio de Janeiro, com todos os estádios espalhados pelo Brasil. Essa conexão em cada arena é feita em parceria com a equipe de tecnologia da CBF com uma empresa provedora de internet. No total, serão três linhas independentes de conexão da Central com cada estádio, com o objetivo de evitar falhas de conexão e perda de contato da equipe do VAR com a arbitragem no campo.

Comentários do Facebook

- Publicidade -