Venda de Praxedes aparece como uma das mais caras do Brasil

Atleta deixou o Inter rumo ao Bragantino

0

A venda de Praxedes para o Bragantino aparece como uma das mais elevadas entre times do Brasil. O meia de 19 anos foi comprado por R$ 35,9 milhões, sendo que o Colorado ficou com R$ 33 milhões, mantendo 10% dos valores para uma venda futura. A negociação determinou que o Fluminense ficasse com seus 10%.

Praxedes disputou 54 partidas pelo Colorado e fez somente dois gols, ambos de cabeça. Embora seja tratado como um bom jogador para o futuro, não vinha demonstrando isso dentro de campo, nem mesmo na arrancada de Abel Braga. Arriscava chutes de fora da área e quase nunca acertava o alvo.

Venda de Praxedes entre as maiores do Brasil

No fim de 2013 o Internacional vendeu Leandro Damião ao grupo Doyen Sports, que colocou o jogador no Santos. Aquela era disparada a maior negociação do futebol brasileiro no momento, superada apenas seis anos depois. Veja as maiores até hoje:

  1. Arrascaeta: R$ 63,7 milhões do Flamengo para o Cruzeiro (2019)
  2. Leandro Damião: R$ 41 milhões do Doyen Sports para o Inter (2013)
  3. Praxedes: R$ 35,9 milhões do Bragantino para o Inter (2021)
  4. Michael: R$ 34 milhões do Flamengo ao Goiás (2020)

O Internacional se notabilizou como um bom vendedor de atletas neste século 21. Na primeira década nomes como Nilmar, Rafael Sóbis e Daniel Carvalho foram vendidos, mas para o futebol europeu.

Na segunda década, foi a vez de surgirem nomes como Fred, Alisson e mais recente Bruno Fuchs. As negociações no mercado interno até tem aumentado, mas não tanto. A venda de Praxedes é mais um marco que o Bragantino coloca, mostrando que os investimentos seguem fortes.

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.