Portal do colorado
Portal de Noticias do Sport Club Internacional

Vídeo: Taison surpreende e já marca em sua estreia

Após deixar o Internacional no início do mês de janeiro, Taison estreou com a camisa do PAOK, da Grécia, nesta quarta-feira (18). O ex-camisa 7 não perdeu tempo e com apenas dois minutinhos dentro de campo já balançou as redes.

O jogo de estreia do ídolo do time gaúcho com a camisa do time grego foi válido pela partida de ida das quartas de final da Copa da Grécia. Com o gol de Taison, o Paok venceu o seu rival, Panathinaikos por 2 a 0.

Confira o gol pela Copa da Grécia:

Saída conturbada de Taison

Antes de deixar o Brasil, Taison participou de uma live na Twitch e demonstrou ter ficado bastante descontente com o atual presidente do clube gaúcho e não poupou palavras para criticá-lo. Confira o desabafo do atleta:

“Eu saí de lá e pedi pra eles cuidarem dos roupeiros e dos massagistas. Seu Gentil, que é roupeiro, tá lá há 40 anos. Os caras não tiveram nem um ratatá de premiação. Quem deu a premiação para eles foi nós jogadores e eu que tirei do meu salário pra dar. Se eu falar, as pessoas não vão acreditar no que eles fazem. Eu falei pra ele na cara dele, eu tinha que ter feito igual o Yuri Alberto fez com vocês. Na segunda-feira disse que ia vir jogar aqui e na quarta-feira foi anunciado no Corinthians, largando flauta do dvd. Vocês gostam de jogadores assim.”, desabafou do ex-camisa 7 do Colorado.

Quando o Estevão estreou e foi mal. Ninguém teve a capacidade de mandar uma mensagem paro guri. Aí eu fui lá, falei com ele, para ele se acalmar, seguir tranquilo. Nem treinador, nem diretor, presidente, ninguém foi falar com ele. Eu estava dando tchau para a galera, passou um dirigente por nós e o Alan Patrick falou para um dirigente que passou: ‘vocês tão mandando os caras bons tudo embora e não estão trazendo ninguém'”.

Taison ainda relembrou do episódio da greve que aconteceu em meados de 2022. Naquela ocasião, os atletas se recusaram a treinar alegando ter salários atrasados.

“Botaram tudo no meu c*. Trinta e três jogadores sentados no vestiário dizendo que não iam treinar e sobrou para o Taison. Presidente não teve coragem de dizer na entrevista que não foi o Taison. Os caras me batendo igual criança. Eu apanhando igual criança. Parecia que eu fiz aquilo. Estou com uma mágoa muito grande, mas quarta-feira isso passa. Quando eu tiver treinando com três graus, já passa.”, finalizou o ídolo Colorado.