Vitão tem contrato de apenas 3 meses com o Internacional

Oficialmente anunciado, o zagueiro Vitão assinou contrato com duração de somente três meses com o Internacional. Em razão da guerra na Ucrânia, o defensor fechou acordo por um curto período, podendo ser estendido a depender do desenrolar do conflito na região. O jogador chega no Beira-Rio para brigar por titularidade.

Por conta da guerra no leste da Europa, entre Ucrânia e Rússia, o futebol foi paralisado em território ucraniano. Assim, os jogadores tiveram os seus contratos suspensos com os clubes, e liberados para assinar com outras equipes – a princípio, até o meio do ano, que é final de temporada por lá.

Como o conflito entre os países permanece e não tem um desfecho previsto, esse tempo de contrato pode ser ampliado. Dessa forma, os vínculos podem passar a valer até dezembro deste ano. Além do mais, mesmo com o fim da guerra, a volta imediata das atividades do futebol é improvável.

Vitão chega para ser titular

A pedido do técnico Alexander Medina, a diretoria colorada foi atrás de um zagueiro para qualificar o sistema defensivo do time. O defensor recebeu sondagens de outras equipes, inclusive do Brasil, mas escolheu fechar com o Inter.

Aos 22 anos, o jogador revelado pelo Palmeiras chega ao Beira-Rio para disputar vaga no time titular. Atualmente, a dupla de zaga é formada por Kaique Rocha e Bruno Méndez. No entanto, como a equipe não está consolidada – longe disso -, mais testes por parte do treinador são prováveis.

Vitão é o 11º reforço do Colorado para a temporada, que não deve parar por aí, e pretende anunciar mais jogadores. Alan Patrick, também é pretendido para o meio-campo, enquanto é procurado um nome de peso para a posição de centroavante.

Comentários do Facebook

- Publicidade -