Vitória no GreNal 435 traz paz e tranquilidade para o Beira-Rio

Muito se sabe que a paixão pelo futebol é extremamente passional e muda conforme os resultados. Entretanto, poucas situações amenizam mais a pressão do que uma vitória em clássico, isto se evidenciou após a vitória do Internacional no clássico GreNal desta última quarta-feira (9).

No domingo anterior ao confronto, o Colorado enfrentou o Aimoré, sendo a primeira partida no Beira-Rio após o vexame proporcionado na eliminação para o Globo-RN. Os poucos torcedores que foram a cancha colorada pressionaram muito os jogadores, diretoria e treinador, com vaias e cânticos de protesto.

Já na quarta-feira do clássico, o cenário foi dividido em duas situações, pré e pós jogo. Mesmo com o apoio da torcida durante os 90 minutos, antes do apito inicial o clima ainda era de pressão, alguns jogadores, como Edenilson e Moisés foram extremamente vaiados na escalação, além do treinador Alexander Medina, sendo este, a maior vítima das vaias.

Torcida aplaudiu após o apito final

Após o apito inicial, o que se viu foi um clima de apoio incondicional do torcedor, que não parou de incentivar o time durante os 90 minutos. Isto acabou se refletindo no campo, a postura dos comandados de Medina mudou completamente comparado a qualquer outro confronto na temporada até então, consequentemente empolgando a torcida.

O lateral Moisés, um dos mais vaiados na escalação, desde o primeiro instante do confronto conseguiu reverter o cenário. Com muita imposição física e tentativas ofensivas, acabou a partida muito aplaudido pelo torcedor. Já Edenilson dividiu bastante as reações, com uma atuação mais discreta comparado aos demais, mesclou vaias e aplausos da torcida colorada quando foi substituído.

Portanto, após 3 meses de muita pressão na temporada, pode-se afirmar que este é o momento de maior tranquilidade no Beira-Rio. A direção que ainda busca reforços para o elenco, respira mais aliviada, como também o treinador uruguaio, que parece ter encontrado o time nos 2 últimos jogos da equipe.

Comentários do Facebook

- Publicidade -