William Thomas: saiba como trabalha o novo dirigente do Inter

No último final de semana, o Internacional anunciou William Thomas, novo executivo de futebol do clube. A diretoria estava aguardando o encerramento da janela para anunciar o contratado para o cargo deixado por Paulo Bracks, demitido no início de março. William trabalhou com Paulo Autuori no Athletico-PR.

Assim como Autuori, o dirigente se desligou do clube em que estava, o Avaí, antes de acertar com o Colorado. Ambos trabalharam juntos no Furacão. No time paranaense, Thomas teve dois períodos: de 2013 a 2018 e de 2020 a 2022. Nesse tempo, foi bicampeão da Copa Sul-Americana.

Com maior tranquilidade para trabalhar após o encerramento da janela, o recém contratado, chegou no Beira-Rio com a missão de contratar um novo treinador. É o profissional quem está em conversas com Mano Menezes, técnico que pode ser anunciado nas próximas horas.

Como trabalha William Thomas?

Descrição é a palavra que resume o estilo de atuação de William Thomas. Reservado, o dirigente prefere atuar de maneira silenciosa, não gosta de aparecer na mídia a qualquer custo e é sucinto no trato com a imprensa.

Outra postura destacável do profissional é a lealdade com a comissão técnica. Quando esteve no Santos, por exemplo, ele preferiu se demitir a ter que mandar o treinador Jesualdo Ferreira embora.

O executivo foi contratado pelo Peixe levado por Autuori. Antes, ambos haviam participado da reformulação do departamento de futebol do Athlético-PR.

No Internacional, era buscado um dirigente com o exato perfil de William, discreto, com bom conhecimento de mercados mais periféricos.

Na gestão de Alessandro Barcellos, o profissional estará confortável. As entrevistas coletivas são poucas. Só se manifestam quando precisam dar uma resposta imediata ao torcedor ou para anunciar reforços.

Comentários do Facebook

- Publicidade -