Zagueiro do Colo-Colo menospreza o Inter antes do duelo pela Sul-Americana

Nesta terça-feira (5), o Internacional tem partida importante da Copa Sul-Americana. O Clube do Povo recebe o Colo-Colo, no Beira Rio, valendo a vaga nas quartas de final da competição continental. A partida acontecerá às 21h30 e vale muito para as pretensões do Colorado na temporada.

Porém, depois do resultado da partida de ida, com a vitória dos mandantes, pode ser que os atletas do outro time tenham ficado convencidos sobre o resultado da volta. “Ficarei decepcionado se a classificação (do Colo-Colo) escapar no Brasil”, disse Maximiliano Falcón, zagueiro da equipe chilena, de acordo com informações da ESPN do país.

Para a partida, o time gaúcho pretende lotar seu estádio em busca de apoio da torcida no duelo que vale a classificação. A diretoria do clube pretende bater o recorde de público da temporada e alcançar os 40 mil torcedores presentes em sua arena para a partida.

Inter tem que fazer mais de 2 gols de diferença no Colo-Colo

O time comandado por Mano Menezes apresentou uma de suas atuações mais apagadas e o Colorado perdeu por 2 a 0 para o Colo-Colo, no Estádio Monumental. Agora, o Clube do Povo volta para Porto Alegre onde recebe o time chileno na próxima semana, tentando reverter o placar negativo do primeiro jogo.

Para conseguir a classificação no tempo normal, o Inter precisa vencer por três ou mais gols de diferença no Beira-Rio. Caso a equipe ganhe por dois gols, a decisão será nos pênaltis. Uma derrota colorada, empate, ou vitória por apenas um gol de diferença, classifica o Colo-Colo.

Não há mais gol qualificado na competição, então, não há problema o Inter tomar gol, porém precisa fazer mais do que o time tomou no final das contas. 4 a 1 para o Inter, por exemplo, já vale para os gaúchos, e um 3 a 1 levaria para os pênaltis de qualquer maneira.

Comentários do Facebook

- Publicidade -