Zagueiros: Direção precisa se mexer para manter atletas no ano que vem

A direção colorada está entrando em um deadline para resolver as situações envolvendo os contratos dos zagueiros atualmente no grupo. Mano Menezes tem a disposição, contando Moledo e Kaique que estão no DM, cinco jogadores para a função. Entretanto, pensando no ano de 2023, nenhum jogador possui vínculo para a próxima temporada. Para piorar, dois zagueiros possuem contratos até, somente, o próximo mês.

Mesmo com os imbróglios contratuais, entre Kaique Rocha, Moledo, Mercado, Vitão e Bruno Méndez, apenas um tem seu futuro indicando uma saída do Beira-Rio. E é Gabriel Mercado. O argentino contratado por indicação de Diego Aguirre, no passado, possui contrato até o fim deste ano e não deverá renovar em função do alto salário. Os demais, contam com o apreço da direção que buscarão a renovação de vínculos.

Bruno Méndez e Vitão possuem contratos até 30 de junho. E mesmo estando em situações diferentes, a ideia do Inter é renovar com os dois zagueiros. Vitão deverá ter o empréstimo ampliado pelo Shakhtar Donetsk. Bruno Méndez deverá ser comprado pelo Inter, que está buscando junto ao Corinthians, uma facilitação na negociação.

Kaique Rocha é outro que deverá ser comprado. O zagueiro pertence à Sampdoria e sua opção de compra é de 1 milhão de euros. Com apenas 21 anos, o zagueiro agradou no Beira-Rio e deverá ser adquirido de maneira definitiva ao final desta temporada.

Já Rodrigo Moledo,tem contrato somente até o fim do ano e precisa renovar. Até o momento não houve nenhuma conversa da direção com os empresários do jogador para isto. A partir de junho, ele poderá assinar um pré-contrato com qualquer outra equipe, mas a tendência é que o Inter procure o jogador para ampliar o vínculo.

Comentários do Facebook

- Publicidade -