A quantidade de treinadores do Inter nos últimos 20 anos nos deixou chocados

- Publicidade -

- Publicidade -

O Inter não conseguiu fazer uma boa campanha no último Brasileirão e resolver fazer algumas mudanças. Uma delas foi rescindir com Diego Aguirre e contratar o técnico Cacique Medina, ex-Talleres, da Argentina.

Cacique chega no Inter para tentar mudar um panorama dos últimos técnicos do Colorado. Além de não conseguirem ficar um grande tempo no clube, não estão conseguindo levar o Clube do Povo a retomada por títulos.

Nos últimos anos, após a saída de alguns técnicos, o Inter (38) entrou no Top 6 de clubes que mais trocaram de professores no século XXI (2001-2021). O rival Grêmio, por exemplo, está na décima segunda posição, com 22 trocas.

- Publicidade -

Mais trocas de técnico no século

  1. [48 técnicos] Vasco (32 técnicos diferentes)
  2. [47 técnicos] Flamengo (32 técnicos diferentes)
  3. [43 técnicos] Fluminense (29 técnicos diferentes)
  4. [40 técnicos] Botafogo (36 técnicos diferentes)
  5. [40 técnicos] Atlético-MG (28 técnicos diferentes)
  6. [38 técnicos] Internacional (27 técnicos diferentes)
  7. [34 técnicos] Cruzeiro (26 técnicos diferentes)
  8. [31 técnicos] Palmeiras (26 técnicos diferentes)
  9. [31 técnicos]Santos (25 técnicos diferentes)
  10. [30 técnicos]Corinthians (22 técnicos diferentes)
  11. [28 técnicos] São Paulo (22 técnicos diferentes)
  12. [27 técnicos] Grêmio (22 técnicos diferentes)

Fonte: Futebol em Números

- Publicidade -

Outro número que Medina terá que quebrar é o prazo de validade dos últimos treinadores do Inter. Dos últimos 5 comandantes, somente um ficou mais de 200 dias no Beira-Rio.

Prazo de validade dos treinadores no Inter

  • 2021: Diego Aguirre, 179 dias e 42,8% de aproveitamento
  • 2021: Miguel Ángel Ramírez, 101 dias e 56% de aproveitamento
  • 2021: Abel Braga, 138 dias e 70,3% de aproveitamento
  • 2020: Eduardo Coudet, 329 dias e 61,5% de aproveitamento
  • 2019: Zé Ricardo, 48 dias e 45,5% de aproveitamento
  • 2019: Odair Hellmann, 684 dias e 60,3% de aproveitamento
  • 2017: Guto Ferreira, 165 dias e 58,5% de aproveitamento
  • 2017: Antônio Carlos Zago, 167 dias e 57,27% de aproveitamento
  • 2016: Lisca, 23 dias e 44,4% de aproveitamento
  • 2016: Celso Roth, 99 dias e 36% de aproveitamento
  • 2016: Falcão, 26 dias e 13% de aproveitamento
  • 2016: Argel Fucks, 331 dias e 60,65% de aproveitamento
  • 2015: Diego Aguirre, 226 dias e 60,4% de aproveitamento
  • 2014: Abel Braga, 383 dias e 65,5% de aproveitamento
  • 2013: Clemer, 57 dias e 35,8% de aproveitamento
  • 2013: Dunga, 296 dias e 59,61% de aproveitamento
  • 2012: Fernandão, 122 dias e 44,87% de aproveitamento
  • 2012: Dorival Júnior, 339 dias e 64,8% de aproveitamento

Comentários do Facebook

- Publicidade -