Atacante estreia bem pelo Inter e se diz preparado para os próximos desafios

O atacante Wanderson estreou no Internacional no sábado, 23, contra o Fluminense. O jogador entrou bem em campo, fez boas jogadas pela direita e foi importante no primeiro tempo para manter o time buscando o ataque e o gol. No entanto, o herdeiro da camisa 11 de Yuri Alberto, saiu de campo sentindo câimbras.

Acostumado a jogar com ponta-esquerda, ele disse em entrevista pós-jogo que está se adaptando ao futebol brasileiro e que não importa se for na direita ou esquerda. “Eu to aqui pra ajudar a equipe, se eles forem me utilizar na direita, esquerda é do mesmo jeito. O importante é sair com a vitória. Eu to preparado”.

O recém chegado comemorou a vitória contra os carioca e explicou sua saída repentina de campo, quando foi ao chão, pediu atendimento médico e acabou sendo substituído. “Eu estou feliz pela vitória, a equipe fez um bom trabalho hoje. Não me machuquei, foi só muscular, porque fazia tempo que eu não jogava” 

Sobre o treinador, Wanderson elogiou Mano e mostrou que o time estava focado na vitória e na conquista dos 3 pontos no Brasileirão. “Os dois treinadores têm muita qualidade e experiência, o Mano tem muita experiencia, então a vitória tinha que sair. Espero seguir firme para seguir vencendo. O momento é bom, mas não podemos perder o foco. Temos que seguir trabalhando forte e chegar terça-feira também buscando os 3 pontos”.

Depois de sair lesionado, fica a dúvida se Wanderson volta a campo na Sul-Americana.

“Claro que eu venho trabalhando duro esta semana. Foi uma semana importante pra mim também. Eu falei pro Mano que tava preparado para começar, mas podia sair com câimbra. Mas minha função é ajudar o Inter e hoje, graças a Deus, pudemos sair com a vitória”.

“Tenho que pensar na parte fisica e também no próximo desafio. Temos que ter cabeça pra evitar lesões. Tem pessoas experientes no clube que sabem gerir isto. Se tiver que jogar (na terça-feira, 26), eu vou jogar. Pra mim tudo é um novo agora, mas pra mim não faz tanta diferença o tipo de centroavante. Então vou me adaptar aqui e vai dar certo”.

Comentários do Facebook

- Publicidade -