Situação de Boschilia vira de cabeça para baixo depois de saída de Aguirre

- Publicidade -

- Publicidade -

Com a saída de Aguirre, o meia Gabriel Boschilia pode ganhar mais uma chance no Inter. Aos 25 anos, o jogador tem muito o que mostrar, de fato, principalmente depois da última temporada. Quando esteve em campo, mostrou toda a sua qualidade e potencial.

O melhor momento do atleta com a camisa vermelha sob o comando do argentino Eduardo Coudet, em 2020. Ele era uma das principais peças do time de ‘Chacho’, que largou muito bem no início do Brasileirão – o qual o Colorado terminou com vice-campeonato.

- Publicidade -

No auge da idade e tendo passagem pelo futebol europeu – jogou no Mônaco -, é um jogador que pode acrescentar em qualidade e quantidade ao elenco do Inter. Ele é o tipo de meia que faz a bola girar rápido, tem bom passe e finaliza bem a gol.

Lesão atrapalhou Boschilia na passagem de Aguirre

Após o bom início de 2020, como dito, o camisa 21 sofreu uma grave lesão no segundo semestre, que o deixou de fora do restante da temporada. Ele precisou passar por uma cirurgia no joelho direito e, ao todo, ficou fora 214 dias. Com a recuperação indo até a metade deste ano, o jogador mal foi visto em campo. No total, foram apenas 20 jogos.

- Publicidade -

“Obrigado ao clube, aos meus companheiros, minha família e todos os torcedores que me apoiam e me enviaram mensagens de força desde o ocorrido”, declarou o meia na época.

O começo de temporada que está por vir pode ser a oportunidade perfeita para recuperar o jogador. Em condições físicas para jogar, Boschilia pode acrescentar ao grupo, pensando em um calendário cheio de partidas. Além disso, pode somar em qualidade ao meio campo do novo treinador colorado, Cacique Medina.

Comentários do Facebook

- Publicidade -