Centroavantes do Inter possuem juntos 7 gols em 2022

O ataque do Internacional na temporada 2022 é um dos principais problemas do time. Com dificuldades de balançar as redes adversárias, os centroavantes colorados, juntos, marcaram apenas sete vezes no ano. Utilizados por Alexander Medina e Mano Menezes, David, Wesley Moraes e Alexandre Alemão não convenceram até o momento.

Quem mais atuou na função de camisa 9 foi David. O atacante fez 20 jogos e apenas dois gols desde que chegou ao Beira-Rio. Atual titular, o jogador é uma alternativa de maior mobilidade à disposição de Mano, o que permite a infiltração dos jogadores de meio-campo, em especial Edenilson que faz isso com excelência.

O segundo atacante que mais jogou na referência foi Wesley Moraes. Contratado por empréstimo no início do ano, o atleta passou a ser a esperança de gols após a saída de Yuri Alberto. No entanto, em 17 jogos fez somente dois gols. Jogador do Aston Villa, da Inglaterra, e com passagem pela seleção, ele amarga o banco de reservas.

Com três gols marcados em 12 partidas, Alemão é o atacante que mais marcou pelo Colorado no ano. O centroavante mostrou que tem estrela e garra, mas ainda demonstra alguns erros em determinadas jogadas e precisa evoluir.

Ainda tem Matheus Cadorini, que pouco recebeu oportunidades. Em sete jogos, o garoto não marcou, e deu uma assistência.

Meias são os artilheiros do Inter

Ao lado de Alemão com 3 gols, os meio-campistas são os artilheiros do Clube do Povo na temporada. Maurício, Edenilson e Taison fizeram mais gols que a maior parte dos centroavantes da equipe.

Por essa razão, a diretoria colorada planeja a contratação de um camisa 9 na próxima janela de transferência. Há a possibilidade também da permanência de Thiago Galhardo, que retorna a Porto Alegre após empréstimo ao Celta de Vigo, da Espanha.

Comentários do Facebook

- Publicidade -