Clemer cutuca elenco do Internacional nas redes sociais

0

A eliminação diante do Olimpia provocou a irritação não só da torcida do Internacional, como também de ídolos do clube. A fim de “cutucar” o atual elenco colorado, o ex-goleiro Clemer repostou uma imagem um tanto quanto polêmica em suas redes socias na tarde desta sexta-feira (23).

“Nesta foto tem Libertadores, Mundial, Recopa, Sul-Americana. Porque estes lutavam para vencer. Observação: Não te nenhum de loirinho”, dizia a publicação de Clemer.

A mensagem clara e tinha endereço certo: Thiago Galhardo e Edenilson. Na imagem, além da sua própria foto, registros de Guiñazu, Índio, Bolívar, Magrão e Tinga, atletas que marcaram época com a camisa do Inter.

Nascido em São Luís, capital do Maranhão, Clemer figurou em times pequenos do Brasil até sua passagem pela Portuguesa, que o fez despontar para o cenário nacional. Foi para o Flamengo cercado de grande expectativa, mas acabou saindo para o Internacional após a afirmação do concorrente Julio Cesar.

O resto é história e as conquistas contam por si só: seis Campeonatos Gaúchos, uma Sul-Americana, uma Recopa e, em 2006, os tão sonhados Libertadores e Mundial. Após sua aposentadoria, foi ajudar as categorias de base do clube no qual se tornou ídolo. Como treinador, levantou diversos canecos tanto no nível juvenil (Gauchão e Brasileiro) como no sub-20 (Copa do Brasil).

Foto: Reprodução Instagram

Falta de jogadores identificados com o Inter também é um problema?

O Internacional vive duas crises. A primeira é financeira, com dívidas batendo na casa dos R$600 milhões e déficit de R$90 milhões em 2020. A segunda é técnica. O clube recentemente vem colecionando fracassos e não consegue ganhar títulos – o último foi um Campeonato Gaúcho há cinco anos. Qual âmbito causou o outro é uma discussão grande (e válida), mas a diretoria não tem tempo para avaliar isso.

O que também podemos afirmar é que o Clube do Povo passa por um momento de completa isenção de identidade. Faltam jogadores que realmente representem (ou “vistam”, como se diz na linguagem do futebol) o tão respeitado manto colorado.

Do elenco atual, apenas Taison e Rodrigo Dourado levantaram taças com o clube. Podemos identificar “lideranças” em jogadores de cada setor, mas até onde vai o grau de confiança do torcedor com essas peças? Talvez este tenha sido um dos principais motivos pelo qual a diretoria correu atrás da contratação do meia Giuliano – sem sucesso.

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.