Esse é o grande problema do Internacional atualmente

Desde o início da temporada, um dos maiores problemas do Internacional tem sido a falta de gols. Após a venda de Yuri Alberto, o clube ampliou a busca por um substituto, que até agora não foi encontrado.

Além disso, a presença de um artilheiro já estava se tornando recorrente no Beira-Rio. Após a saída de Damião, o substituto acabou sendo Paolo Guerrero, que elevou o status do ataque alvirrubro.

Depois disso, houve um momento em que o Inter contou com quatro jogadores no elenco para o ataque. Abel Braga e Míguel Ángel Ramírez tiveram a disposição: Paolo Guerrero, Abel Hernandéz, Thiago Galhardo, além de Yuri Alberto.

A falta de um artilheiro no Internacional

Entretanto, o cenário mudou em 2022. Os quatro jogadores deixaram o clube e a direção iniciou o calvário da busca por um artilheiro. A primeira opção foi Wesley Moraes, o jogador negociado junto ao Aston Villa chegou com alta expectativa, mas não correspondeu e sequer vem sendo opção com Mano Menezes.

A esperança também passa por Alexandre Alemão, que obteve um início avassalador, porém ainda é cedo para qualquer convicção, pois as atuações do camisa 35 apresentam altos e baixos durante as partidas.

Além do setor final de ataque, o restante do time também carece de jogadores para colocar a bola na rede. Isto se evidencia pela divisão da artilharia da equipe na temporada, que é composta por Maurício, Taison e Alemão, todos com apenas três gols.

Com isso, Mano Menezes precisa encontrar soluções para aumentar o poder ofensivo do time. A esperança está no retorno dos atletas lesionados e na sequência dos treinamentos. Mesmo com a troca de treinador, a equipe segue marcando pouco. Desde a chegada do comandante gaúcho o Colorado converteu apenas três gols em quatro partidas.

Comentários do Facebook

- Publicidade -