Guri da base deve ganhar espaço e lateral pode deixar o Internacional

- Publicidade -

- Publicidade -

O planejamento do Internacional prevê o lateral-esquerdo Thauan Lara, 17 anos, subindo para o elenco profissional na próxima temporada. Enquanto isso, dirigentes estão em dúvida sobre a aquisição em definitivo de Moisés. Dessa forma, o Colorado pode ter apenas Paulo Victor e a jovem promessa na posição em 2022.

Thauan Lara joga no Inter desde os nove anos e tem contrato até 2023. As boas atuações do jogador nas categorias de base fizeram os dirigentes prepararem uma data especifica para a estreia no profissional, então já é certo que o lateral-esquerdo vai fazer parte do elenco na próxima temporada.

- Publicidade -

Enquanto isso, o Colorado está indeciso sobre a compra de Moisés. Para ter o jogador em definitivo, os dirigentes precisam pagar R$ 3 milhões por 15% dos direitos. O Inter teme a falta de experiência na lateral-esquerda e por esse motivo quer contar com Moisés para 2022, mas a permanência ainda é uma incógnita por causa dos valores.

Caso o atleta não permaneça no Colorado, os únicos alas esquerdos que estarão confirmados na próxima temporada são Paulo Victor e Thauan Lara.

Também é possível que os dirigentes do Internacional busquem mais um lateral-esquerdo na janela de transferências caso encontrem uma opção melhor que Moisés, dessa forma o atleta contratado fará parte do elenco e disputará a titularidade com os dois jovens.

- Publicidade -

A lateral-esquerda do Internacional em 2021

No momento, o Colorado conta com Moisés e Paulo Victor no elenco, e a titularidade pertence ao atleta de 26 anos, que deve estar em campo na próxima partida do Inter, contra o Bragantino, na próxima quinta-feira (21), às 20h, em jogo válido pela 19° rodada do Campeonato Brasileiro.

Nos momentos em que Moisés esteve suspenso, Paulo Victor recebeu algumas oportunidades e fez bons jogos, mas a preferência de Diego Aguirre ainda é pelo lateral mais experiente.

Comentários do Facebook

- Publicidade -

8 técnicos para comandar o Internacional em 2022