É assim que o Inter deve jogar com Cacique Medina

- Publicidade -

- Publicidade -

Apesar de não ter ainda o anúncio oficial, as notícias dão conta de que o Inter fechou acordo com Cacique Medina. O Talleres, clube que ele treinou na temporada anterior, anunciou a sua saída nesta quinta-feira (23), e tudo indica que o seu futuro está no Beira-Rio.

Segundo informação do jornalista argentino, César Luis Merlo, o Colorado venceu a concorrência com o San Lorenzo e o treinador pode assinar por dois anos. O treinador era um dos favoritos para comandar o Inter em 2022, o outro era o argentino Eduardo Domínguez, do Colón.

- Publicidade -

O uruguaio agrada a diretoria colorada pelo seu estilo ofensivo. Nesta temporada, levou o Talleres à terceira melhor campanha do Campeonato Argentino, ficando atrás do Campeão River e do vice Defensa y Justicia, e à final da Copa da Argentina, que acabou perdendo para o Boca nos pênaltis.

Como o torcedor do Inter verá o time de Cacique Medina em campo

- Publicidade -

Medina, por diversas vezes é comparado com Marcelo Gallardo, técnico do River Plate. A semelhança tem os seus porquês, já que o uruguaio é amigo, jogou e foi treinado por ‘El Muñeco’.

“Não me incomoda que me comparem com Gallardo. Está entre os melhores técnicos da América do Sul e os principais do mundo. Porém, prefiro seguir meu caminho. Quero marcar o meu próprio estilo”, disse o uruguaio de 43 anos.

Em seus times, ele costuma usar o 4-4-2 ou o 4-2-3-1 como esquema. No momento ofensivo, o desenho pode variar para um 4-2-4. Já na fase defensiva, a variação pode ser para um 4-5-1, com os pontas recuando para formar uma segunda linha de 5 no meio-campo.

Além disso, preza pelo jogo intenso da equipe. Consequentemente, os treinamentos são também de grande intensidade, por isso exige muito da parte física de seus atletas. O treinador se baseia em análise de desempenho e gosta de moldar os jogadores da base ao seu estilo de jogar futebol.

Comentários do Facebook

- Publicidade -