Jornalista revela quem mandou Cuesta e Patrick embora do Inter

Em baixa no Internacional há algumas temporadas, o volante Rodrigo Dourado voltou a ser destaque. O jogador recuperou espaço no elenco nas últimas semanas e foi autor de três gols na vitória sobre o 9 de Octubre, pela Copa Sul-Americana.

O jornalista João Batista Filho falou, durante o programa Os Donos da Bola RS, sobre a situação do jogador no elenco. Segundo o comentarista, o presidente Alessandro Barcellos não gostava dele e de outros dois atletas que deixaram o clube recentemente.

“Seria interessante ter uma Go Pro no camarote da direção do Internacional, com o Dourado fazendo os três gols. Vamos jogar limpo aqui, a direção do Inter, o presidente Alessandro Barcellos não gostava do futebol do Patrick, a direção do Inter não gostava do futebol de Cuesta e eles também não queriam mais Rodrigo Dourado no Estádio Beira-Rio”, afirmou o jornalista.

JB Filho enfatizou o fato de que o presidente não gostava de Patrick e disse que ele foi responsável direto pela saída do volante, que acabou sendo transferido ao São Paulo. “O presidente não gostava do futebol do Patrick”, disse o jornalista.

Rodrigo Dourado estava próximo de deixar o Inter

O Internacional estava disposto a negociar o volante Rodrigo Dourado na última janela de transferências. O atleta acabou permanecendo e a ideia era de que fosse a última temporada pelo clube, já que o contrato vai somente até dezembro de 2022.

Apesar da decisão da direção sobre o futuro de Dourado, o jogador se destacou recentemente e a situação ainda será debatida nos bastidores. É provável que o clube ofereça uma renovação nas próximas semanas, já que ele poderá assinar um pré-contrato com qualquer equipe a partir de julho.

Comentários do Facebook

- Publicidade -