Lugano detona interferência do VAR contra o Inter no Brasileirão 2020

0

O ex-jogador Diego Lugano criticou as decisões do VAR na Série A 2020, pois, segundo ele, prejudicaram o Internacional. O comentário do ex-zagueiro, que é ídolo do São Paulo e da Seleção Uruguaia, foi realizado enquanto comentava a vitória do Colorado por 4 a 0 contra o Flamengo, durante participação no programa Futebol na Veia, da ESPN.

O uruguaio elogiou a partida do Clube do Povo contra o Rubro-negro e falou que o resultado foi um alívio na alma dos jogadores do Inter que foram prejudicados na temporada passada. “É um alívio na alma dos jogadores do Inter, que estavam sofrendo muito. No ano passado foram prejudicados no Brasileirão. Foram prejudicados. O que o VAR fez naquele jogo Inter e Vasco, com aquele pênalti que tirou o Cuesta da final contra o Flamengo. Ou o que o VAR fez naquela final contra o Flamengo expulsando Rodinei. O que o VAR fez na última rodada lá no Beira-Rio, anulando aquele pênalti, que foi injusto com os jogadores do Inter”, disse.

No Brasileirão do ano passado, o Colorado ficou na segunda posição com 70 pontos, apenas um ponto atrás do Flamengo, que foi o campeão da competição. Caso o Inter não tivesse sofrido as interferências do VAR, os resultados dos jogos poderiam ter sido potencialmente modificados e a pontuação do clube no campeonato poderia ser maior, fazendo com que pudesse se tornar o vencedor.

A vitória do Inter contra o Flamengo

O ex-zagueiro estava comentando a vitória do Colorado de domingo (8), por 4 a 0 contra o Flamengo, no Estádio Maracanã. O Inter venceu, com três gols de Yuri Alberto e um de Taison, e subiu para a décima primeira posição na tabela do Campeonato Brasileiro, com 18 pontos.

Ficha técnica – Flamengo 0x4 Internacional

GOLS: Internacional: Yuri Alberto [19′, 41′ e 70′] e Taison [55′]

FLAMENGO: Diego Alves; Isla, Gustavo Henrique, Léo Pereira e Filipe Luís; Willian Arão, Diego (Michael), Everton Ribeiro (Thiago Maia) e Arrascaeta (Pedro); Bruno Henrique e Gabigol Técnico: Renato Gaúcho

INTERNACIONAL: Daniel; Saravia (Heitor), Bruno Méndez, Cuesta e e Paulo Victor; Rodrigo Lindoso, Rodrigo Dourado (Caio Vidal), Edenílson (Guerrero) e Patrick; Taison (Palacios) e Yuri Alberto (Johnny) Técnico: Diego Aguirre

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.