Palmeiras tropeça de novo e Inter pode acabar Brasileirão no pódio

0

Após a vitória contra a Chapecoense, o Inter colou nas equipes da parte de cima da tabela e vê o Palmeiras, que não ganha há quatro jogos, a apenas três pontos de distância. Com isso, as chances de o Colorado conquistar uma vaga direta na fase de grupos da Libertadores estão cada vez maiores.

O Clube do Povo goleou a Chape por 5 a 2 neste domingo, com gols de Yuri Alberto (3), Taison e Cadorini. O resultado fez o Inter subir para a sétima posição, com 36 pontos.

As equipes da parte de cima da tabela tropeçaram (Athletico-PR, Corinthians, Fortaleza e Palmeiras perderam) e o Colorado só depende de si mesmo para chegar nas três primeiras posições da competição.

Na próxima partida o Inter enfrenta o América-MG, na quarta-feira (13), às 21h30, no Estádio Beira-Rio, em jogo válido pela 26° rodada do Campeonato Brasileiro.

Apesar da tabela favorecendo, o Colorado não pode chegar ao G-4 ainda nesta rodada, já que Palmeiras (3°) e Fortaleza (4°) tem 39 pontos. Em caso de vitória na próxima partida, o Inter empata em pontos mas perde no desempate pois tem uma quantidade menor de triunfos na competição.

O Clube do Povo só pode passar Corinthians (6°) e Bragantino (5°), já que eles tem respectivamente 37 e 38 pontos.

Ficha técnica – Inter 5 x 2 Chapecoense


Estádio: Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data/horário: 10 de outubro de 2021, às 11h00 (de Brasília)
Árbitro: Alisson Sidnei Furtado (TO)
Assistentes: Fábio Pereira (TO) e Cipriano da Silva Sousa (TO)
VAR: Leone Carvalho Rocha (GO)
Cartões amarelos: Daniel, Moisés, Matheus Cadorini (INT), Jordan (CHA)
Cartões vermelhos:
GOLS: Yuri Alberto, 01’/1ºT (1-0) (Internacional); Taison, 05’/1ºT (2-0) (Internacional); Yuri Alberto, 35’/1ºT (3-0) (Internacional); Yuri Alberto, 39’/1ºT (4-0) (Internacional); Matheus Cadorini, 12’/2ºT (5-0) (Internacional); Mike, aos 15’/2ºT (5-1) (Chapecoense); Mike, aos 35’/2ºT (5-2) (Chapecoense).

INTERNACIONAL (Técnico: Diego Aguirre)
Daniel; Saravia (Heitor, no intervalo), Bruno Méndez, Víctor Cuesta e Moisés; Rodrigo Dourado (Boschilia, no intervalo), Rodrigo Lindoso, Maurício e Patrick (Gustavo Maia, aos 14’/2ºT); Taison (Paulo Victor, aos 24’/2ºT) e Yuri Alberto (Matheus Cadorini, no intervalo).

CHAPECOENSE (Técnico: Pintado)
João Paulo; Matheus Ribeiro, Ignácio, Jordan e Mancha (Busanello, aos 21’/2ºT); Moisés Ribeiro (Kaio Nunes, aos 36’/2ºT), Renê Júnior (Anderson Leite, aos 11’/1ºT) e Denner (Lima, no intervalo); Geuvânio (Marquinho, aos 21’/2ºT), Mike e Bruno Silva.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.