Paulo Autuori pede continuidade e quer evitar choque de ideias no Internacional

Anunciado como novo coordenador técnico do Inter, Paulo Autuori quer fazer um trabalho sério no clube. Apresentado na última segunda-feira (4), o profissional deixou bem claro as intenções dele ao aceitar o projeto e disse que espera o mesmo comprometimento por parte do Colorado.

“Eu decidi que tenho condições de contribuir realmente. Numa das últimas instituições que eu passei fiquei por 4 anos. Tem que ter ideias claras e bem definidas. Não pode ter choque de ideias, isso é o mais importante. Esqueçam o profissional, eu sou uma pessoa e tenho convicções muito claras sobre o que é o futebol brasileiro”, disse Autuori.

Primeiro, Paulo falou sobre o tempo de trabalho que geralmente é curto e sem fundamento no futebol brasileiro. Depois, citou o choque de ideias existente no país. No Brasil, não há conhecimento sobre futebol, mas suposições sobre vitórias e derrotas.

“Tem dificuldade de dar continuidade nas ideias, quando está tudo bem, não se pergunta porque ganhou. E se perder personificam o erro. O futebol brasileiro é cruel com isso. Tem que se ter o mínimo de continuidade para que se construa algo”, complementou.

Paulo Autuori no Internacional

No Clube do Povo, Autuori terá a missão de ser um elo de ligação nos bastidores, digamos assim. O profissional será responsável pelo bom ambiente interno, unindo os diferentes setores.

Com vasta experiência no futebol, tendo atuado em diversos cargos, ele terá importância múltipla. Estará em contato com o vestiário, ou seja, atletas e comissão técnica, auxiliando na harmonia entre eles.

Além disso, fará a ligação também com a direção. Portanto, será responsável por manter o equilíbrio nos bastidores do clube.

Comentários do Facebook

- Publicidade -