Revelado o perfil de lateral-direito que o Inter quer

O Internacional segue de olho nas oportunidades da janela de transferências e continua buscando um centroavante para aumentar o poderio ofensivo do elenco comandado por Mano Menezes. Porém, de acordo com o próprio treinador, outra posição precisa urgentemente de uma contratação e reforço, tendo em vista a falta de opções do plantel.

Com a saída de Heitor, Mano Menezes vê suas opções para a lateral-direita limitadas, tendo em vista que o único jogador da posição disponível no elenco do Internacional é Fabricio Bustos, que está em recuperação de lesão atualmente. Com isso, o departamento de futebol terá que ir atrás, e logo, de um substituto para o atleta e, para isso, já definiu o perfil que deverá ser contratado.

Devido aos problemas financeiros do Colorado, a diretoria do time deve ir atrás de uma opção barata. O clube gaúcho não descarta uma vinda por empréstimo para suprir o problema pelo menos por algum tempo. Além disso, o atleta deve estar em condições imediatas de jogo, pois o time não tem muitas opções para utilização até lá.

O departamento de futebol do Internacional também tem consciência de que não deverá ir atrás de um jogador de elite para a função, tendo em vista que já tem um titular absoluto para a vaga e trazer outro lateral com grande qualidade seria caro. Então, a vinda de um jogador barato e pronto para ser reserva imediato seria o perfil ideal visto pelo time.

Lateral do Inter vem sendo improvisada

Na última semana, depois do empate em 3 a 3 contra o São Paulo, Heitor confirmou sua saída do Clube do Povo com novo destino na Bélgica, onde defenderá o Cercle Brugge. Os tramites foram rápidos e, apesar da confirmação recente, o jogador já não esteve em campo para enfrentar o Palmeiras, no domingo.

No jogo contra o líder, em pleno Allianz Parque, Mano Menezes teve que escalar uma improvisação na lateral-direita, tendo em vista que Heitor era a única opção disponível para a posição. No jogo, Gabriel Mercado acabou ficando com a vaga, tendo em vista que o atleta já teria atuado desta maneira, inclusive na Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

- Publicidade -