Thaigor Janke: A cotação dos jogadores do Inter na epopeia contra o Colo-Colo

O Inter fez uma goleada histórica. Em uma noite histórica no Beira-Rio. Várias atuações individuais foram destacadas. Aqui vou trazer a minha cotação, que inclusive destrinchei lá no canal do youtube A Dupla.

Daniel: Ele saiu de maneira atabalhoada no lance do pênalti do Colo-Colo. Foi vaiado e soube lidar com a pressão vinda da arquibancada. Conseguiu se manter seguro e ajudou com uma grande defesa no fim. A arbitragem marcou impedimento, que não existiu. Ou seja, se a bola entra, o gol valeria. E ele salvou. Nota: 6

Bustos: Sempre uma arma de qualidade pelo lado direito. Participou do primeiro gol e deu um passe maravilhoso para o gol d e Pedro Henrique que fechou o placar. Nota: 7

Vitão: No primeiro tempo ficou exposto. Mas ainda assim, deu conta do recado, ganhando em vários lances de enfrentamentos individuais. Levou um cartão amarelo e teve que ser trocado para não ser expulso. Nota: 6

Mercado: Partida impecável. Ele não perdeu nenhum lance individual. Foi uma liderança em campo. Auxiliou na saída de bola e segurou bem a onda na lateral quando Bustos saiu com dores musculares. Uma aula de como atuar na zaga e um dos melhores em campo. Nota: 9

Moisés: Ele falhou no gol. Deixou uma bola escapar e deu espaço para Lucero roubar a bola. Mas depois cresceu e anulou o melhor jogador do Colo-Colo. Ganhou todos os confrontos individuais e ainda participou do lance do gol de Edenilson. Nota: 8

Gabriel: Importante na marcação. Encurtou espaços como sempre. Interceptou e roubou muitas bolas. Errou muitos passes e isto fez com que ele não tivesse o mesmo nível de atuação dos demais no meio-campo. Nota: 6

Edenilson: Jogou demais. Era o desafogo. Quando apertava, tocavam nele e ele dava andamento. Foi decisivo no segundo gol. Uma liderança em campo. Nota: 8

De Pena: Outro que jogou muito. Ele facilita lances complicados. Apareceu muito bem pelo lado esquerdo e se desdobrou ora como meia, ora como ponta. Deu um passe absurdo pro Taison, no lance que originou o escanteio do gol de Alemão. Nota: 8

Alan Patrick: Foi pouco tempo, mas valeu, vivi cada segundo. Ele jogou só 37 minutos e mudou o jogo. Fez o primeiro gol e a jogada do segundo. Imagina se jogasse 90? Nota: 8

Pedro Henrique: Melhor em campo, ao lado de Mercado. A válvula de escape ofensiva do Inter. Foi a linha de fundo, fez cruzamentos, bateu a gol. Participou do primeiro gol e fez o tento decisivo em mais uma bela arrancada pela direita. Foi o cara. Nota: 9

Alemão: Outro grande personagem da partida. Enquanto esteve em campo participou dos três gols. Inclusive marcando um de coxa (?). Brigou o tempo todo. É, disparado, o melhor centroavante do time. Nota: 8,5

Comentários do Facebook

- Publicidade -