Vitão: Saiba o motivo para o contrato de apenas três meses

O Inter anunciou nesta quinta-feira, a contratação do zagueiro Vitão, de 22 anos. Formado no Palmeiras, ele estava desde 2019 no Shakhtar Donetsk e chega por empréstimo de três meses. O que chamou a atenção foi o curto prazo de contrato, o que tem a chancela da Fifa que liberou a suspensão contratual, por este período, de jogadores estrangeiros que jogavam na Rússia e Ucrânia. Mas o motivo para o Inter contratar o jogador, apenas pelo prazo mínimo, são os planos que o Shakhtar tem para o atleta e para o restante do grupo.

A ideia dos ucranianos é reunir todo o elenco em uma pré-temporada que seria realizada na Turquia. Lá treinariam e realizariam amistosos, enquanto a situação na Ucrãnia não se resolve. Entretanto, muitos jogadores já se manifestaram afirmando que não irão se reapresentar com a camiseta do Shakhtar.

Com este imbroglio, os dirigentes do Shakhtar liberaram Vitão, por um curto período, enquanto resolvem esta situação. A realização desta pré-temporada é tida como improvável. Logo, a chance de Vitão estender o vínculo com o Inter existe e é grande.

Alan Patrick também na mira

A direção do Internacional está também com o meia Alan Patrick na mira. Ele tem 30 anos e passa pelo mesmo processo de negociação que passou Vitão. Há um acordo para o empréstimo. Entretanto, o Inter busca um período maior no vínculo, com uma opção de compra. Resta o ok do Shakhtar, apenas.

Comentários do Facebook

- Publicidade -