Análise: Empate sem gols é reflexo de velhos problemas ofensivos do Colorado e chances desperdiçadas do Cuiabá

0

Internacional e Cuiabá se enfrentaram no Estádio Beira Rio pelo Campeonato Brasileiro e empataram sem gols em um jogo fraco tecnicamente. O Colorado segue com problemas no setor ofensivo e o Cuiabá desperdiçou ótima chance de se afastar do Z4.

O Cuiabá começou melhor a partida a partir da marcação pressão na saída de bola, o que dificultava bastante o jogo do Inter. O Colorado não conseguia sequer chegar ao campo de ataque e as principais oportunidades eram do time do Mato Grosso, que conseguia dominar o jogo no meio de campo.

O Colorado só teve sua primeira finalização no alvo aos 34 minutos do 1º tempo com Palacios, em jogada construída após pressão pós perda de Taison. O Inter usava bastante os lados do campo para atacar, mas não tinha sucesso visto que o Cuiabá fazia uma dobra de marcação pelo setor onde o Colorado atacava.

O Inter não tinha mobilidade pelo meio, o que poderia se tornar uma boa alternativa visto que o ataque pelos lados e a procura pelo centroavante Paolo Guerrero como referência na área não estava surtindo efeito.

O 2º tempo começou de forma parecida com o 1º tempo, o Cuiabá seguia levando vantagem e o Inter tendo dificuldade para sair jogando. O Inter teve posse de bola e contou com Taison buscando um drible ou um passe para quebrar as linhas de marcação do Cuiabá, mas além do time mato grossense estar bem postado defensivamente poucos jogadores do Colorado davam opção para construir a jogada.

O Cuiabá criou as melhores chances da partida do 2º tempo, que preocupa o torcedor Colorado pela baixa efetividade do time. Alta posse de bola e baixa intensidade. Passes em sua maioria horizontais, sem quebrar as linhas de marcação, o time do Inter ainda busca recuperar confiança

Imagem: Tática Didática

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.