Corinthians pode levar punição da Fifa e deixar disputa com o Inter

O Corinthians corre o risco de sofrer punição da Fifa por conta do não pagamento de uma multa pela aquisição do atacante Jô, que estava no Nagoya Grampus, do Japão. A situação pode fazer o clube paulista ficar impedido de contratar novos jogadores na janela de transferências.

Na última sexta-feira, a entidade máxima do futebol condenou o Corinthians e o ex-atacante do clube a pagarem uma multa de 2,6 milhões de dólares (cerca de R$ 13 milhões na cotação atual) ao time japonês, que detinha os direitos do atleta até 2020.

Caso o Alvinegro não pague a quantia, terá menos de 15 dias para contratar atletas antes de sofrer o “transfer ban” da Fifa. A situação pode impedir o clube de disputar a aquisição de Yuri Alberto, do Zenit, da Rússia, com o Internacional.

O atleta não está participando da pré-temporada no futebol russo por conta dos conflitos no leste europeu. A nova resolução da Fifa permite que ele tenha o contrato suspenso até junho de 2023 para assinar com outra equipe, então o Colorado está monitorando o jogador.

Yuri Alberto foi procurado por vários clubes do futebol brasileiro e do exterior para assinar por empréstimo. Os dois principais interessados na contratação são o Corinthians e o Internacional.

Inter próximo de repatriar Aránguiz

Além do interesse no retorno de Yuri Alberto, o Internacional pode repatriar o volante Charles Aránguiz, do Bayer Leverkusen, na próxima janela de transferências. O jogador de 33 anos tem um início de acordo alinhado com a direção do Colorado.

Aránguiz tem contrato no Bayer Leverkusen até junho de 2023. Para que seja possível assinar com o Inter, ele precisa da liberação do último ano de vínculo. Dessa forma, ele iria começar a discutir os detalhes contratuais com o Clube do Povo.

Comentários do Facebook

- Publicidade -