Cruzeiro desiste e Sidnei vira opção para o Inter

- Publicidade -

- Publicidade -

O Cruzeiro não cumprirá com o acordo feito com Sidnei, desejado pelo Inter. Ao fim do Brasileirão, o zagueiro estava na mira do Colorado, que não quis prosseguir nas conversas, e o atleta acabou acertando com a Raposa. No entanto, o clube mineiro não terá condições de arcar com o que foi fechado entre as partes.

O contrato foi fechado em 13 de dezembro, pelo então diretor de futebol, que não permaneceu após a chegada de Ronaldo. Dessa forma, seguindo uma política de adequação financeira, a equipe mineira não poderá arcar com os custos do acordo feito.

André Argolo, secretário-geral do Cabuloso entrou em contato com Jorge Machado, empresário que cuida da carreira do jogador, no início da manhã desta quarta-feira e o notificou. Assim, sem o cumprimento do vínculo, o jurídico de Sidnei tomará as medidas cabíveis do caso.

- Publicidade -

Inter tentou Sidnei antes do jogador fechar com o Cruzeiro

Em contato com o zagueiro, planejando reforçar a defesa, a direção colorada não teve convicção no atleta desde que ele assinou a rescisão com o Real Bétis. As conversas entre clube e jogador aconteceram, porém não avançaram, e até mesmo Taison esteve em contato com o ex-companheiro.

- Publicidade -

A alegação para a desistência da contratação foi de que o histórico recente do zagueiro não era favorável. Ele não entrava em campo desde maio e atuou em poucas partidas nos últimos anos. Além disso, as peças para a posição no atual elenco foram vistas como suficientes.

Dessa forma, o defensor de 32 anos foi anunciado como reforço do clube mineiro para a disputa da Série B em 2022.

Antes de jogar na Europa, o zagueiro começou a carreira no Beira-Rio, onde ficou de janeiro de 2007 a julho de 2008. No Colorado, conquistou a Recopa Sul-Americana e o Campeonato Gaúcho.

Comentários do Facebook

- Publicidade -