Demitido pelo Inter rejeita oferta do Santos

Ex-Internacional, o dirigente Paulo Bracks foi procurado pelo Santos nas últimas semanas. Demitido do Colorado por conta dos resultados apresentados, o executivo recusou a possibilidade pois já está envolvido em outro projeto.

O Globo Esporte foi atrás do dirigente e descobriu o motivo da recusa de Paulo Bracks. O executivo confirmou a procura e afirmou que teve conversas com o Santos, porém já está com o futuro certo em um projeto.

“Eu fiquei muito honrado com o convite do Santos, um clube mundial. Tive uma reunião muito boa com o presidente Rueda, pessoa que eu tive o prazer de conhecer melhor. Pude admirar ainda mais o que tem feito na sua gestão. Mas, no momento, estou apalavrado com outro projeto”, afirmou ele.

Paulo Bracks deixou o Internacional no primeiro semestre de 2022, depois de o clube apresentar resultados abaixo do esperado nos gramados. A demissão veio logo após a eliminação na primeira fase da Copa do Brasil, contra o Globo-RN.

No momento, Bracks segue sem clube e ainda não se sabe qual é o projeto em que ele está envolvido.

Inter tenta lidar com os jogadores do elenco

O presidente Alessandro Barcellos falou sobre a possibilidade de renovação com os zagueiros Gabriel Mercado e Rodrigo Moledo. Ambos assumiram a titularidade na última partida, contra o América-MG, e estão com o vínculo no Colorado chegando ao fim.

O mandatário foi questionado sobre a situação contratual de ambos e ele respondeu que vai definir a permanência no momento correto. “Na hora certa vamos resolver. Temos certeza que faremos o melhor pra todo mundo”, disse Barcellos.

A situação dos dois jogadores é de risco, já que eles estão em fim de contrato. Recentemente, Moledo recebeu sondagem do Panathiakhos, da Grécia, e poderia assinar um pré-contrato. Mercado vive situação semelhante e está sendo monitorado por clubes do futebol argentino

Comentários do Facebook

- Publicidade -