Dirigente confirma faxina no elenco do Internacional

O Internacional perdeu para o Atlético-GO na última rodada do Campeonato Brasileiro e ficou com chances remotas de conquistar uma vaga na próxima edição da Libertadores da América. O vice-presidente de futebol Emílio Papaléo Zin concedeu entrevista coletiva e falou sobre o desempenho do Colorado no ano de 2021.

“Vamos fazer o balanço após o último jogo. O que posso dizer é que o ano de 2021 não foi o que pensávamos. Tivemos alguns tropeços, mas também algumas correções de rumo. Ninguém está aqui passando panos quentes, sabemos os problemas. Temos uma análise, um diagnóstico, sabemos o que está errado. A pior coisa é não saber por que se ganha, se perde ou se empata. Nós, enquanto diretoria, não estamos satisfeitos”, disse o dirigente.

Emílio afirmou que as analises sobre o elenco só serão realizadas após o fim do Brasileirão, já que não faz sentido que uma mudança seja feita faltando uma rodada para o fim da competição.

“Todas as avaliações que tivermos de fazer serão feitas após o término da competição. Imagina se quiséssemos tirar algum jogador agora ou a comissão técnica, qual efeito teria de benéfico para o próximo jogo? Nenhum. Todos sabem disso. Então, esse momento será no final do campeonato”, salientou o vice-presidente.

Questionado sobre a declaração de Taison após o fim do jogo, em que disse que o Inter precisa de mudanças, o dirigente disse que concorda com o jogador.

“O Taison tem razão, temos de fazer uma reformulação. O campeonato não terminou ainda, temos mais uma partida pela frente e precisamos ir em busca dos três pontos. Embora seja muito difícil, matematicamente é possível. Estamos aqui unidos, trabalhando muito sério, esperando fazer de 2022 tudo o que 2021 não conseguiu ser”, afirmou Emílio.

Internacional ainda quer conquistar o objetivo de 2021

O Colorado ainda tem mais uma partida pela frente antes do encerramento da temporada. O Inter enfrenta o Bragantino, nesta quinta-feira (9), às 21h30, no Estádio Nabizão, em jogo válido pela 38° rodada do Campeonato Brasileiro.

O Inter tem chances remotas de conseguir a classificação para a Libertadores, mas vai com força máxima para a próxima partida. É necessário vencer e contar com uma série de tropeços dos adversários diretos.

Comentários do Facebook

- Publicidade -