Elenco do Inter campeão da Sul-Americana 2008: campanha e destaques

O Internacional conquistou a Copa Sul-Americana em 2008, sendo o primeiro time brasileiro a atingir o feito. A campanha histórica do Colorado, enfrentando gigantes do futebol sul-americano, contou com a presença de um elenco reformulado após o título do Mundial em 2006.

No ano da conquista, o Clube do Povo trouxe jogadores como D’Alessandro e Guiñazu, que acabaram virando ídolos nas temporadas seguintes. Além dos dois recém-chegados, o Internacional já contava com atletas históricos, como Índio, Fernandão, Alex e Taison.

Para conquistar o título da competição, o Colorado teve que superar vários adversários de peso. Durante a campanha, o Internacional enfrentou Grêmio, Universidad Católica, Boca Juniors, Chivas Guadalajara e Estudiantes.

Confira os resultados conquistados pelo Colorado na campanha:

  • Internacional 1 x 1 Grêmio (Beira-Rio)
  • Internacional 2 x 2 Grêmio (Olímpico)
  • Internacional 1 x 1 Universidad Católica (CHI) (San Carlos)
  • Internacional 0 x 0 Universidad Católica (CHI) (Beira-Rio)
  • Internacional 2 x 0 Boca Juniors (ARG) (Beira-Rio)
  • Internacional 2 x 1 Boca Juniors (ARG) (La Bomboneira)
  • Internacional 2 x 0 Chivas Guadalajara (MEX) (Jalisco)
  • Internacional 4 x 0 Chivas Guadalajara (MEX) (Beira-Rio)
  • Internacional 1 x 0 Estudiantes (ARG) (Ciudad de La Plata)
  • Internacional 1 x 1 Estudiantes (ARG) (Beira-Rio)

O Internacional na final da Sul-Americana 2008

Comandado pelo técnico Tite, o Internacional conseguiu superar o Estudiantes e foi campeão da Sul-Americana. O time escalado no jogo de volta da grande final teve a presença de diversos jogadores que acabaram se tornando ídolos do clube.

A escalação do Colorado na final contou com: Lauro; Bolívar, Danny Morais, Álvaro e Marcão; Edinho, Magrão (Sandro), Andrezinho (Gustavo Nery) e D´Alessandro; Alex (Taison) e Nilmar. Técnico: Tite.

O Internacional havia vencido a partida de ida por 1 a 0, em confronto fora de casa, e estava jogando pelo empate na volta, disputada no Beira-Rio. O jogo terminou em 1 a 0 no tempo normal, mas Nilmar marcou na prorrogação e deu o título ao Colorado.

Comentários do Facebook

- Publicidade -