Favorecido ou prejudicado? Números do VAR para o Internacional no Brasileirão

0

O árbitro assistente de vídeo (VAR, do inglês Video Assistant Referee) foi criado no futebol para tentar acabar com as polêmicas da arbitragem – ou pelo menos diminuí-las em larga escala. O que vemos diariamente na prática, no entanto, são juízes que se perdem e conseguem dificultar uma partida mesmo com o auxílio de uma equipe externa.

A relação entre Internacional e arbitragem nos últimos anos não tem sido das melhores. Nesta temporada, está ainda mais, digamos, conturbada.

Em levantamento feito por Rafael Bryan, do portal Torcedores, o Colorado aparece na frente na lista de maiores “favorecidos” pela assistência em vídeo nesta edição do Campeonato Brasileiro, com sete mudanças em prol do Clube do Povo.

Para efeitos de cálculo, Rafael Bryan considerou quaisquer erros de marcação no campo que foram revisados e alterados. A lista dos quatro maiores “beneficiados” do Brasileirão 2021 ainda tem Bahia (6), Chapecoense (5) e Fortaleza (4).

Foto: Reprodução

Quando a narrativa se inverte, Inter também fica no topo

O que acontece, porém, é que o Colorado também se vê na crista da onda quando trocamos a ordem da discussão. Com quatro mudanças, o Clube do Povo está empatado no topo com Ceará, Santos, Fluminense e São Paulo como as equipes que mais foram “prejudicadas” pelo VAR (ou seja, que a decisão de campo favoceria o clube, mas o vídeo recomendou reverter).

Consequentemente, o Inter configura-se como o primeiro lugar disparado no ranking total de interferências do VAR, com 11 – o segundo colocado, Fortaleza, tem sete. Importante ressaltar que, se olharmos a tabela, vemos times com um e até dois jogos a menos que o Colorado (caso de Flamengo, Cuiabá e Grêmio) e não há qualquer tentativa de afirmar aqui que uma equipe é beneficiada mais do que a outra.

São apenas números crus. O VAR veio pra ficar e é extremamente útil ao futebol tão dinâmico e veloz de hoje. Errar é humano e estamos todos querendo o avanço do nosso esporte.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.