Inter bate o martelo e define situação de Bruno Méndez

Bruno Méndez não deve entrar em campo nas próximas partidas do Campeonato Brasileiro. O zagueiro participou, nessa semana, do confronto contra o Santos, inclusive marcando o gol de empate. O jogo marcou sua sexta participação na competição nacional nesse ano, o que liga o alerta para o Internacional e para o Corinthians.

O atleta possui contrato de empréstimo com o Colorado somente até o meio do ano e ainda não há um acerto entre o clube gaúcho e o Corinthians sobre sua transferência em definitivo na janela de transferências. Com isso, o sétimo jogo de Méndez faria com que ele não pudesse mais disputar a competição por outro clube, prejudicando o jogador caso volte ao clube paulista.

Mas essa sétima participação não deve acontecer, Mano Menezes já garantiu que não utilizará mais Bruno Méndez. “Esses tempos ouvi que devíamos colocá-lo para fazer o sétimo jogo. Não vamos fazer isso pelo respeito que temos por ele. Não faríamos isso com ninguém. Não faríamos isso com um jogador que gostamos, que hoje entrou em uma outra posição”, declarou.

Se depender do treinador, o time não poupará esforços para contratar o zagueiro em definitivo. “Até por isso ele é interessante para a gente. Ele tem esse comportamento vencedor que o torcedor gosta. Toda a direção está trabalhando ao máximo para um desfecho positivo”, completou.

Presidente do Corinthians fala sobre Bruno Méndez

Duílio Monteiro Alves, atual presidente do clube paulista, deu entrevista ao portal “Meu Timão” recentemente, onde falou sobre como andam as negociações pelo zagueiro.

“Eles têm demonstrado interesse, falado em melhorar a proposta. Imagino que nos próximos dias a gente tenha uma solução. Ele voltará ou o Inter vai fazer a compra, desde que seja uma coisa muito boa para o Corinthians”, declarou. Alves ainda fala sobre a possibilidade de Bruno Méndez ser utilizado pela sétima vez no internacional.

“O Corinthians não vai aceitar proposta só porque ele fez o sétimo jogo. Seria ruim para o Corinthians, o Inter e o atleta, principalmente. Seria ruim para o atleta retornar ao clube sem poder jogar o Brasileirão. Isso nem faria sentido. Tenho a expectativa de que nos próximos dias tenhamos a solução para isso”, concluiu.

Comentários do Facebook

- Publicidade -