Inter dá mais um passo para mudar de escudo

- Publicidade -

- Publicidade -

O Internacional estreou a camisa preta em homenagem ao Mês da Consciência Negra contra o Cuiabá, nesta quarta-feira (17). O uniforme não tem a borda no escudo e é mais um passo importante para a mudança de escudo que deve ocorrer em breve.

Assim como a camisa rosa lançada em outubro, o Colorado apareceu mais uma vez com as letras “SCI” combinadas para representar o escudo, sem a presença de bordas em volta.

Isso é mais uma medida que faz parte da possibilidade de mudança no escudo do Internacional. O departamento de marketing do clube criou um grupo de estudos para realizar uma análise sobre o que está sendo usado atualmente e a expectativa é de que hajam alterações no futuro.

- Publicidade -

O sucesso com as vendas da terceira camisa lançada há alguns meses foi o maior motivo para a realização desses debates. Parte dos torcedores gostaram do novo modelo e passaram a pedir mudanças no escudo do Internacional.

O Inter vai alterar o escudo?

O Colorado abraçou a possibilidade e começou a pensar em possibilidades. O vice de marketing do Inter, Jorge Avancini, falou sobre os estudos no escudo do Internacional.

- Publicidade -

A gente está atento e viu que tem muita gente pedindo para mudar. Mas nós também temos muitas manifestações de torcedores dizendo para não mexer no escudo, dizendo que ele está bom e carrega a identidade do clube por ter o nome e a data de fundação. Então, não é algo simples e nem para ser feito do dia para noite. Requer estudo, pesquisa e análise de mercado também”, afirmou o dirigente, em entrevista ao UOL Esporte.

“A camisa bordô bateu recorde de vendas e aí a gente começou a falar, conversar com a Adidas. E nessa conversa, eles ofereceram o papo com a Juventus. Vamos fazer um papo por videoconferência com o pessoal do clube, da agência que trabalhou com o clube. Já trocamos ideias com o Athletico-PR também. Não é um processo simples, burocraticamente, e nem no conceito. Vamos acertar as agendas para acontecer logo. Vamos ouvir as experiências”, salientou Avancini.

Comentários do Facebook

- Publicidade -

8 técnicos para comandar o Internacional em 2022