Inter é surpreendido e time rival topa salário de R$ 1,3 milhão por Yuri Alberto

O atacante Yuri Alberto não deve retornar ao Zenit, da Rússia, para participar da pré-temporada. A nova medida da Fifa permite que os jogadores que atuam no futebol russo tenham o contrato suspenso até junho de 2023, então o atleta está no Brasil aguardando o desenrolar da situação.

A tendência é de que o atacante seja emprestado para algum clube brasileiro pelo menos até o final da temporada. O Internacional aparece como um dos maiores interessados, mas disputa a contratação com Corinthians, Flamengo e Atlético-MG.

Segundo o jornalista Jorge Nicola, o Corinthians está disposto a pagar os cerca de R$ 1,3 milhão que o jogador recebe mensalmente no Zenit. A proposta agrada ao estafe do jogador, mas ele ainda não tomou nenhuma decisão de forma definitiva.

Os dirigentes do Internacional tratam a possibilidade de repatriação de Yuri Alberto como um “sonho”, mas entendem que a possibilidade de acordo é baixa. O atacante tem um alto valor salarial e está sendo procurado por vários clubes do Brasil e do exterior.

O centroavante fez boa temporada no primeiro ano pelo Zenit, da Rússia, com 14 jogos, seis gols e três assistências. Apesar da campanha positiva, os russos foram impedidos de atuar em competições da Uefa e a situação pesa para que Yuri Alberto não continue no clube.

Inter também quer repatriar Aránguiz

Internacional pode repatriar o volante Charles Aránguiz, do Bayer Leverkusen, na próxima janela de transferências. O jogador de 33 anos tem um início de acordo alinhado com a direção do Colorado, mas precisa conseguir a liberação do clube alemão.

Aránguiz tem contrato no Bayer Leverkusen até junho de 2023. Para que seja possível assinar com o Inter, ele precisa da liberação do último ano de vínculo. Dessa forma, ele iria começar a discutir os detalhes contratuais com o Colorado.

Comentários do Facebook

- Publicidade -