Inter no Mundial 2021: entenda o regulamento da Fifa

- Publicidade -

- Publicidade -

O Rio de Janeiro começou as tratativas para realizar o Mundial de Clubes em 2021. Com isso, abre uma vaga para uma equipe brasileira disputar a competição como país-sede, então o Internacional pode disputar o torneio mesmo estando fora da Libertadores.

O Japão desistiu de sediar o Mundial e o Rio de Janeiro, que já recebeu o torneio em 2000, aparece como o candidato mais forte para a realização do evento.

Regulamento da FIFA sobre as equipes do país-sede

- Publicidade -

Apenas um representante do país-sede pode disputar o torneio. Ou seja, caso algum time brasileiro conquiste a Libertadores, este será o único representante. Mas caso ninguém seja campeão do continental, uma vaga fica em aberto e o último campeão da Série A é o mais provável a ser escolhido.

O Mundial acontece em 5 de dezembro e caso o Brasileirão ainda não tenha acabado a escolha será pelo campeão de 2020, que é o Flamengo.

Palmeiras, Atlético-MG e Flamengo estão nas semifinais da Libertadores e estão na briga pela vaga no Mundial de Clubes. Caso algum deles seja o campeão, as regras sobre a vaga para o vencedor do Brasileirão serão desconsideradas, já que a FIFA permite apenas um representante por país.

- Publicidade -

As expectativas sobre o Mundial

A África do Sul também está na disputa para a realização do torneio mas o Rio de Janeiro é o mais cotado para receber a competição.

“Temos total condição, o Maracanã, o Engenhão. Tem vários jogos além da final. A cidade se colocará, sim, como postulante a sediar essa final. Temos experiência em sediar grande eventos, Copa do Mundo, Olimpíada. A cidade do Rio está absolutamente apta a sediar esses jogos”, afirmou Pedro Paulo (DEM), Secretário de Fazenda e de Planejamento do Rio de Janeiro, em entrevista à Band News.

Comentários do Facebook

- Publicidade -