Inter vai encarar um time acostumado com a pressão

O Internacional vai ter uma pedreira na próxima partida do Campeonato Brasileiro. O Athletico Paranaense, apesar da derrota na última partida da competição, vem de duas classificações importantes em torneios mata-mata, e em ambas foi buscar o resultado depois de sair atrás.

O Furacão correu atrás do empate depois de sair perdendo para o Libertad, na Copa Libertadores da América, mesmo jogando fora de casa. Agora, às vésperas do confronto contra o Inter, o time paranaense virou o jogo para cima do Bahia para garantir a classificação para as quartas da Copa do Brasil. Felipão, técnico do time, ressaltou que seu elenco tem poder de reação sob pressão.

“É o poder de reação deles. Se a gente pudesse analisar os resultados friamente, eu estou aqui há dois meses e jogamos 17 jogos. A média é de uma partida a cada três dias. Não é fácil transmitir para eles tanta coisa, e eles estão fazendo. Minha participação é mínima, apontar uma ou outra coisa”, disse o treinador após a partida.

Adversário do Inter está acostumado com decisões

O elenco do Athletico-PR, inclusive, está habituado com grandes partidas, e vem de duas decisões disputadas só na última temporada. Quando chegou na final da Copa do Brasil, perdendo para o Galo, e na da Copa Sul-Americana, onde foi campeão.

Para chegar no topo dessas competições, é preciso segurar a pressão em diversos jogos, o que também foi tema de Felipão após a vitória. “Falaram lá dentro (vestiário) que tem que saber sofrer, mas não temos que sofrer para ser feliz. É ser feliz ao natural. Estamos sofrendo um pouquinho, mas que não dê essas chances aos adversários”, disse.

Agora o Athletico receberá o Internacional na Arena da Baixada, neste sábado, às 16h30, em partida válida pelo Campeonato Brasileiro. Ambas as equipes disputam na parte de cima da tabela e o confronto pode significar uma inversão de posições.

Comentários do Facebook

- Publicidade -