Oferta é colocada na mesa, Mano Menezes não gosta e fica mais longe do Internacional

A negociação entre Mano Menezes e o Internacional esfriou nesta terça-feira (19). O treinador estava muito próximo, mas algumas particularidades do contrato oferecido ao técnico desagradaram o profissional. Uma rodada de negociações terminou a pouco.

O Internacional ofereceu um contrato até o fim do ano e não até o fim de 2023, como era o desejo do técnico, vale lembrar que o mandato do presidente Alessandro Barcellos vai até o fim do ano que vem. Além disso, a direção sugeriu colocar uma multa rescisória de três meses de salário, o que seria equivalente a R$ 1,8 milhão.

O contrato sugerido pelo Clube do Povo previa ainda renovação automática em caso de classificação para a Libertadores, assim com duração até o fim de 2023. Mano Menezes não gostou dos termos propostos, a negociação não está encerrada e as partes devem se reunir novamente na tarde desta terça-feira (19).

O próximo jogo do Internacional será contra o Fluminense, no sábado (23). Se conseguir acertar com Mano Menezes ainda hoje, ele deve começar a trabalhar na quarta-feira (20) e comandar o time no fim de semana.

Comentários do Facebook

- Publicidade -