Paulo Sousa enganou o Inter, acabou humilhado pelo Flamengo e fora da Copa do Mundo

O técnico Paulo Sousa foi procurado pelo Internacional no início da temporada, porém acabou “enganando” o clube para fechar um acordo com o Flamengo. A intenção do português era fazer uma espécie de leilão para fechar com quem oferecesse o maior valor.

O Colorado acabou se retirando da negociação e o dirigente na época, Paulo Bracks, criticou a postura de Paulo Sousa e seus representantes. Por conta da situação, o Inter foi atrás do técnico Alexander Medina, que estava no Talleres.

Meses depois do ocorrido, o comandante português foi demitido do Flamengo e passou por uma situação humilhante. Paulo Sousa teve que fazer parte do treinamento no Rubro-Negro, mesmo sabendo que já estava fora do clube.

A direção rubro-negra está em busca de opções no mercado desde a derrota do Flamengo para o Fortaleza, no estádio Maracanã. A derrota para o Bragantino foi o estopim que encaminhou a demissão de Paulo Sousa.

Logo após a derrota, o Flamengo encaminhou a contratação de Dorival Junior. O técnico português comandou um treino no Rubro-Negro no dia seguinte, mesmo sabendo que outro treinador já estava praticamente contratado.

Paulo Sousa ficou fora da Copa do Mundo

Antes de fechar com o Flamengo, o treinador estava à frente da Polônia, que foi classificada para a Copa do Mundo no Catar. Paulo Sousa deixou o comando do clube alguns meses antes da realização do jogo qualificatório.

O técnico deixou a Polônia para comandar o Flamengo e gerou revolta da direção e dos torcedores poloneses. O treinador estará disponível no mercado e deve fechar com algum clube do exterior nas próximas semanas.

O Rubro-Negro está em preparação e enfrenta o Flamengo neste sábado (11), às 21h, no estádio Beira-Rio, em partida válida pela 11° rodada do Brasileirão.

Comentários do Facebook

- Publicidade -